Itapetinga reclama e contabiliza prejuízos com a falta de energia elétrica que durou 40 horas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Sudoeste | Data: 27 jan 2016

Tags:, , ,

da Redação
Com informações e foto do Sudoeste Hoje

leite

Comerciantes e produtores rurais de 10 cidades do Sudoeste  iniciaram levantamento para contabilizar as perdas causadas pela falta de energia que durou mais de 40 horas. Os prejuízos penalizaram a cidade de Itapetinga que continua reclamando a demora da Coelba em restabelecer o sistema de energia elétrica da cidade. As cidades mais afetadas foram Itapetinga,  Itambé, Caatiba, Encruzilhada, Cândido Sales, Macarani, Itarantim, Maiquinique, Potiraguá e Ribeirão do Largo  onde uma torre de transmissão caiu devido as fortes chuvas.

Os setores produtivos que representam a economia de toda micro-região de Itapetinga sofreram com quase dois dias sem energia elétrica registrando perda de mercadorias que dependem da baixa temperatura em geladeiras e freezeres como iogurtes, massas, comidas prontas, frangos, carnes, leites, manteigas e outros. “Estou contabilizando ainda, mas foi um prejuízo muito alto, tiro por baixo uns R$ 5.000″, disse o empresário Miraldo José de Araújo, 55, dono de um supermercado em Itapetinga.

O leite produzido pela Cooleite – Cooperativa dos Produtores  foi aproveitado apenas para alimentar  porcos. “Perdemos mais de 20 mil litros, o que dá uns R$ 40.000″, contou o presidente da Cooleite, Antonio Rodrigues. a Cooperativa vai à Justiça com pedido de indenização contra a Coelba.

Em nota, a Coelba esclareceu: “Desde o início do problema, técnicos foram acionados e trabalharam para restabelecer o sistema. Os trabalhos foram prejudicados pelas intensas chuvas, solo encharcado, além da localização da estrutura em local íngreme, na subida da serra. Para conclusão do serviço foi necessário construir acessos e utilizar trator de esteira e retroescavadeira. A Coelba lamenta a falta de energia e coloca-se à disposição para os esclarecimentos necessários”.

Os comentários estão encerrados.