Itororó: homem é preso por matar ativista LGBT após vítima ameaçar divulgar caso amoroso

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 21 ago 2018

Tags:


banner alfa park

Da Redação


Dois homens foram presos suspeitos de matar a facadas um ativista LGBT, Marcos Cruz Santana, na noite de segunda-feira (20), na cidade de Itororó. Conforme a Polícia Civil, um dos autores do crime é casado com uma mulher e também tinha relação com a vítima.

Ainda segundo informações da polícia, Josenilton Ferreira Souza, conhecido como Josa, disse, em depoimento, que ele tinha decidido romper a relação com Marcos Cruz Santana, quando ele o ameaçou a revelar o caso amoroso em um programa de rádio da cidade.

Outro homem, identificado como Isaías Andrade de Souza Júnior, conhecido como Quenã, também participou do crime. Em nota, a polícia afirmou que Isaías Júnior segurou a vítima pelos cabelos e Josenilton deu um golpe no pescoço do ativista LGBT. Depois que Marcos caiu, Josa esfaqueou a perna e a genitália do ativista.

Os comentários estão encerrados.