Justiça determina soltura de quatro presos na Operação Lateronis

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia | Data: 24 nov 2017

Tags:, , ,

Da Redação
foto: divulgação Polícia Federal

O Juiz Federal Diego Carmo de Souza expediu alvará de soltura para quatro pessoas que foram presas durante a Operação Lateronis, nessa quinta-feira (23). Eles são suspeitos de fazer parte da quadrilha que desviou recursos públicos na área da educação, principalmente, de transporte escolar, em diversas cidades do Sudoeste baiano.

“Considerando que nos termos da manifestação do Ministério Público Federal às ff. 1925/1928, bem como de acordo com ofício da Autoridade Policial de f. 1.929, não subsistem mais razões para a manutenção das prisões temporárias outrora decretadas, determino a revogação destas”, apontou o magistrado.

Ainda na decisão, o juiz federal condiciona os acusados a comparecerem perante à Justiça todas as vezes que forem convocados. Eles também precisam informar qualquer mudança de endereço.

Os envolvidos, Sérgio Cavalcante dos Santos (ex-presidente da Câmara de Encruzilhada), Salustiano Ferreira da Silva Neto (pregoeiro oficial da prefeitura de Encruzilhada), Rodolfo Santos Machado (chefe de gabinete do ex-vereador Sérgio) e Paulo César Lima Brito (ex-servidor da prefeitura de Encruzilhada), devem ser liberados até este sábado (25). As outras noves pessoas que foram presas durante a operação ainda continuam custodiadas.

De acordo com as informações divulgadas pela Polícia Federal, o grupo investigado tinha três falsas cooperativas, que concorriam a licitações na área de transporte nos municípios, sobretudo escolar. As investigações apontaram que o grupo obteve cerca de R$ 140 milhões com estes contratos entre os anos de 2010 e 2016. Deste total, os investigados teriam desviado aproximadamente R$ 45 milhões.

Os comentários estão encerrados.