Laboratório Central: Fundação e Secretaria afinam discurso e dizem que não reduzirá exame

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 10 set 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

fundacao_esau_matos

A secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, Márcia Viviane, e o diretor-geral da Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC), padre Edilberto Amorim, estiveram na sessão da Câmara de Vereadores, desta quarta-feira (10), para tentar esclarecer os motivos da suspensão de marcação de exames e coleta de material nas Unidades de Saúde e na FSVC. Segundo os órgãos não há tentativa de reduzir número de exame.

sessao10_set_14_1Para o padre Edilberto Amorim o Laboratório Central tentou aumentar o controle dos exames. Segundo ele, em 2013 foram realizados 699.259 exames, e somente no primeiro semestre de 2014 já foram realizados 388.916.  “Aproximadamente 30% dos exames realizados ficam lá e as pessoas não vão buscar. Muitas vezes as pessoas pensam que fazer exame de mês em mês faz bem para as saúde. O que fizemos foi organizar o procedimento, queremos economizar o dinheiro público, o dinheiro dos contribuintes. Temos 330 mil habitantes em Conquista, mas temos mais de 700 mil cadastrados no SUS como moradores do município, e isso não é correto. O laboratório central não quis suspender atendimento, e sim organizar por meio da regulação. Em breve vamos sim atender em todos os postos de Vitória da Conquista, mas antes estamos organizando.”

Já a secretaria de Saúde, disse que não há redução ou limitação do atendimento à população. “Nosso objetivo é regular e qualificar a saúde prestada à população, todos os exames de laboratório continuam sendo realizados por meio da regulação, pois precisamos garantir que os recursos destinados à Vitória da Conquista sejam utilizados pelos munícipes”.

Os comentários estão encerrados.