Médico conquistense diz ter a solução para combate do mosquito da Dengue, Zika e Chikungunya

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 25 jan 2016

Tags:, ,

da Redação

Foto: Divulgação

Armênio BXO médico oftalmologista, Armênio Santos, ex-secretário de Saúde do governo J. Pedral, na década de 80, em Vitória da Conquista, diz ter a solução para o combate ao mosquito transmissor das três doenças através da picada do mosquito aedes aegypti, mais conhecido como mosquito da dengue. A única forma de evitar as três doenças é com o combate através da eliminação dos criadouros do mosquito nas casas, no trabalho e nas áreas públicas.

A Dengue e a Chikungunya têm sintomas e sinais parecidos, enquanto a Dengue se destaca pelas dores no corpo, a Chikungunya se destaca por dores e inchaço nas articulações. Já a Zika se destaca por uma febre mais baixa (ou ausência de febre), muitas manchas na pele e coceira no corpo.

O médico conquistense pretende antes do Carnaval apresentar a solução. Sobre as Olimpíadas que serão realizadas no Rio de Janeiro os benefícios do combate agora serão importantes para a doença não se alastrar para vários países do planeta. “Vou apresentar antes do Carnaval o método que será uma revolução no combate ao mosquito da dengue”, diz Armênio. As doenças já estão presentes em países da Europa, EUA e Israel.

Perigos e complicações (Sesab)

Dengue

A principal complicação é a desidratação grave, que ocorre sem a pessoa perceber. Por isso, é importante tomar bastante líquido quando a pessoa estiver com Dengue.

Chikungunya

A a principal complicação é a permanência, por longo tempo, das dores e inchaço nas articulações, às vezes impedindo as pessoas de retornarem às suas atividades.

Zika

As complicações mais observadas têm sido as manifestações neurológicas como paralisia facial e fraqueza nas pernas, a exemplo do desenvolvimento da Síndrome de Guillain-Barré.

Tratamento

Os sintomas podem ser parecidos, mas o tratamento é diferente para cada doença. Vá ao posto de saúde se estiver com os sintomas. Evite a automedicação.
Caso a equipe médica detecte a necessidade, o paciente será encaminhado para o Hospital Couto Maia, centro de referência em infectologia na Bahia. O Couto Maia atende apenas casos encaminhados e regulados para a unidade.

Os comentários estão encerrados.