Mundotecas promovem programação especial de Natal

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Cultura, Educação | Data: 17 dez 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Mundotecas em oito localidades baianas vão contar com programação especial neste mês de dezembro. As atividades que marcam as comemorações de Natal e encerramento do ano vão ser desenvolvidas entre os dias 14 e 21 de dezembro nas cidades de Poções, Planalto e Contendas do Sincorá, além das comunidades remanescentes quilombolas Mumbuca,Camulengo, Ginete, Moitinha e São Gonçalo.

O projeto Mundoteca, lançada em Julho deste ano, tem por objetivo principal proporcionar às comunidades o acesso gratuito e cotidiano a livros literários de diversos formatos e temáticas e, neste fim de ano, traz atividades especiais.

As ações de encerramento de 2019 acontecerão em todas asMundotecascom a leitura de poemas de Carlos Drummond de Andrade do livro “Receita de Ano Novo” e encenação da peça adaptada do livro “O Beijo” de Valéried´Heur, iniciando as festividades com atividades em Ginete no dia 14 de dezembro.

Entre os dias 18 e 19 de dezembro, a Mundoteca da cidade de Planalto terá, além da programação padrão,apresentações do poeta Rafael Lucaia. No dia 19 a confraternização acontece na comunidade deMumbuca.

Em Poções, com festividades nos dias 19 e 20 de dezembro, as apresentações da poeta Michele Freire se somam aos poemas de Drummond e a peça “O Beijo”. Por fim, as comunidades de Moitinha e Camulengo encerram as atividades das Mundotecas nas localidades no dia 21 de dezembro.

Além destas atividades, em Contendas do Sincorá, que terá a confraternização realizada no dia 16 de dezembro,também acontecerão apresentações de “Um conto de Natal”, encenado pela família urso, e uma oficina de arte com o grupo Tambores do Sincorá. Nessa mesma data a Mundoteca da comunidade de São Gonçalo encerra das atividades de 2019.

O projeto conta com patrocínio das empresas Alupar e Taesa, que atuam no segmento de transmissão de energia elétrica e tem como premissa a realização de projetos que contribuam para a educação de qualidade e acesso à cultura nas comunidades onde atuam. É viabilizado com recursos privados obtidos pela Lei Federal de Incentivo à Cultura e realizado pela FGM Produções Culturais.

Os comentários estão encerrados.