Municípios do sudoeste aderem a projeto de combate a trabalho infantil nas escolas

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Educação, Justiça, Sudoeste, Trabalho, Vit. da Conquista | Data: 03 abr 2014

Tags:,

Da Redação

Vitória da Conquista participou da reunião, mas ainda não aderiu à proposta.

MPT na Escola ConquistaQuatro dos seis representantes de prefeituras do Sudoeste baiano se reuniram na quarta-feira (02), na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Vitória da Conquista, e se comprometeram a aderir ao projeto MPT na Escola, que prevê a discussão em sala de aula de temas relacionados à direitos trabalhistas e tem foco no combate ao trabalho infantil. Com isso, coordenadores pedagógicos desses municípios receberão um treinamento especial para repassar a professores a metodologia para abortar os temas. As secretarias de educação dos municípios também receberão material didático a ser usado pelos alunos e material destinado aos professores.

Assinaram o termo de adesão ao projeto representantes das prefeituras de Itapetinga, Ibiassucê, Botuporã e Caculé. Também presentes, os representantes de Conquista e Tanque novo pediram prazo para definir. Somente o município de Maetinga, também convidado, não mandou representante.

O MPT vai aguardar o pronunciamento dos dois municípios e também procurar a prefeitura de Maetinga para tentar sensibilizá-la a aderir ao projeto, que não representa custo para o município. Essas prefeituras convidadas fazem parte de um universo de 50 escolhidas pelo MPT em todo o estado para a implantação do projeto por serem as que mais apresentam situações de trabalho infantil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O MPT na Escola dispõe de material didático produzido por educadores sob a supervisão de procuradores do trabalho. A oficina de capacitação dos coordenadores pedagógicos deve acontecer em maio em Salvador

Os comentários estão encerrados.