No Bahia Notícias, analista prevê derrota do PT em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política, Vit. da Conquista | Data: 15 set 2015

Tags:, , ,

da RedaçãoVoto

O BN – Bahia Notícias divulgou projeções feitas pelo analista político Ary Carllos a pedido do próprio BN. O analista é sócio do instituto Séculus. Os dados serão mostrados em duas matérias sobre a disputa eleitoral em grandes municípios.

Na primeira parte, o BN apresenta o panorama eleitoral nos municípios de Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Itabuna e Juazeiro.

Vitória da Conquista

do BN

(…) Reduto do PT nos últimos 20 anos, Vitória da Conquista pode deixar de ser controlada por petista, caso a projeção do analista se confirme. O cenário ainda é incerto, porém o controle a “mão de ferro” do PT local pelo atual prefeito Guilherme Menezes pode dificultar a permanência da sigla no comando da prefeitura. Menezes estaria tentando emplacar um pupilo como candidato em 2016, porém “os nomes apresentados por Guilherme, até agora, não decolam”, conforme entendimento de Carllos.

Para evitar uma possível derrota, o PT estadual deve tentar lançar a candidatura do deputado estadual Zé Raimundo, ex-prefeito da cidade e bem colocado nas pesquisas realizadas no município. Porém quem lidera os levantamentos realizados é o também deputado estadual Herzem Gusmão, candidato derrotado do PMDB nas duas últimas eleições – em 2012 no segundo turno. Outro a apresentar o nome é deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB), que rompeu com o governo de Guilherme Menezes após obter uma vitória expressiva na disputa pela presidência da Câmara de Vereadores. “Podemos ter três deputados estaduais envolvidos na disputa”, ressalta Carllos. Nas projeções, o analista aponta que existem dois cenários possíveis de segundo turno: Herzem contra Fabrício, caso um pupilo do atual prefeito entre na disputa representando o PT, e Herzem contra Zé Raimundo, caso o petista seja lançado candidato. “O PT estadual acredita que, se o candidato do partido for Zé Raimundo, conseguirá demover Fabrício da ideia de ser candidato. Aí as eleições se decidiriam no primeiro turno”, pontua.

Os comentários estão encerrados.