Nota Pública: “Gestão da Fundação Privada de Saúde ameaça a assistência às gestantes no Hospital Esaú Matos”

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 12 fev 2015

Tags:, , ,

Sindimed, CREMEB e ABM

DSC00310Essa é a conclusão das Entidades Médicas sobre o atendimento às gestantes no Hospital Municipal Esaú Matos, após reunirem-se com representantes da equipe de obstetras do hospital, na noite dessa quarta-feira na Casa do Médico. A falta crônica em materiais e de condições de trabalho para os profissionais que lá atuavam com salários defasados e uma gestão interna autoritária, levou a solicitação de desligamento de vários profissionais de comprovada competência.

Fatos como os ocorridos recentemente confirmam as deficiências do atendimento, o que comprovam a falência da proposta da Prefeitura em entregar o Hospital a uma Fundação Privada. Uma unidade de saúde que contava com uma equipe de elevada capacidade e eficiência, e, por isso, ganhadora de vários prêmios, hoje, por conta de uma má gestão, convive com a crise que compromete a segurança na assistência à comunidade.

Um minucioso documento está sendo elaborado pelas Entidades Médicas a respeito da atual situação da maternidade e será encaminhado a representantes da sociedade civil e da justiça, buscando reverter está grave crise e garantir um atendimento adequado às gestantes e recém-nascidos.

Diante das dificuldades enfrentadas pelos médicos que ainda lá atuam, as Entidades vão entrar com uma medida judicial cabível, visando garantir a integridade dos profissionais e uma boa qualidade da assistência.

Os comentários estão encerrados.