Número de táxis deve aumentar de 365 para 405 em Vitória da Conquista, acredita sindicato

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 10 abr 2015

Tags:,

por Mateus Novais

Vistoria taxiEstá em curso uma discussão que pode viabilizar a liberação de mais alvarás para táxis em Vitória da Conquista. Até o momento, já ocorreram cinco reuniões com a coordenação do SIMTRANS para reformular o Regulamento de Serviços Públicos de Transporte para Táxi, legislação municipal que regula a atividade, que é de 2012.

A última liberação de novas concessões de serviços de táxi aconteceu em 1996, que colocou em atuação 365 táxis, mas, segundo a legislação atual, a cidade deveria possuir 418. A expectativa do Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários (SINCAVIR) é que sejam liberados cerca de 40 novos alvarás, sendo que, 30% deste montante devem ser destinados a veículos adaptados para passageiros com deficiência.

Mas, sem explicar os motivos, o sindicato prevê um possível impasse com a Prefeitura sobre a forma de liberação dos alvarás. A sugestão do SINCAVIR é que 50% dos novos alvarás sejam distribuídos entre os auxiliares mais antigos, já que a cidade possui 500 auxiliares, número maior que os permissionários. “Esse tipo de taxista não tem carteira assinada, normalmente ganha comissão e nem sempre quem atua como taxista é o detentor do alvará”, apontou Pinheiro. “Esperamos que a Prefeitura libere primeiro para os auxiliares que já trabalham há muito tempo nas praças”, completou o sindicalista.

Outro ponto importante é o critério para escolha dos condutores de táxi. O presidente do sindicato SINCAVIR acredita que se deve estabelecer uma idade e um tempo de habilitação mínimos, uma forma de garantir motoristas mais experientes nos táxis conquistenses.

Os comentários estão encerrados.