O legado da Copa

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 jun 2014

Tags:, , ,

Por Ivan Cordeiro

Ivan_CordeiroA Copa do Mundo no Brasil vai servir dentre muitas outras finalidades para mostrar ao mundo como o governo federal administra mal a nossa nação. Será manifesto o tamanho da ineficiência na gestão pública. Deixaremos um legado definitivo para os países aqui representados de como a nossa infraestrutura é precária e insuficiente para o desenvolvimento de uma nação. Sem falar das obras necessárias para sediar uma Copa do Mundo.

Sobre as obras de mobilidade urbana, por exemplo, boa parte delas não saiu do papel reforçando a incapacidade do governo em cumprir com as metas estabelecidas.Na verdade, algumas dessas obras ficarão prontas somente para depois do mundial. Por isso, o governo federal tem se apressado em inaugurar obras inacabadas. Além disso,o Brasil é campeãoem superfaturar obras e isso já é recorrente por aqui, apenas piorou nesse período. Haja vista os indícios de superfaturamento de R$ 431 milhões do Estádio de Brasília, segundo análise do Tribunal de Contas do Distrito Federal.

Em questões de infraestrutura é fundamental falar sobre o saneamento básico. Temos um dos piores índices de saneamento básico do mundo. Se isso não bastasse, a nossa Bahia possui o maior número de casas sem coleta de esgoto do país, segundo um estudo divulgado neste ano pelo Instituto Trata Brasil e pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável.A população mais pobre desse país que não terá acesso aos jogos da Copa deveria ter no mínimo acesso aos serviços básicos de abastecimento de água com qualidade ecoleta de esgoto efetiva.

Embora a presidente Dilma tente reconhecer e defender a todo o custo o legado da Copa do Mundo seria mais nobre da parte dela reconhecer a precariedade do serviço público e da infraestrutura brasileira. Melhor seria se o governo buscasse a resolução com efetividade dos diversos problemas que atrapalham a vida do povo brasileiro.Afinal de contas, o povo brasileiro começa a entender que mudanças são necessárias e que um governo precisa se firmar com planejamento e gestão eficiente, enxugando a máquina pública para que o desperdício com o dinheiro do povo seja o menor possível.

Ivan Cordeiro é Administrador e promove palestras na área de Gestão e Liderança.

Os comentários estão encerrados.