Os pais passam

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 13 ago 2017

Tags:, ,

Por Alberto David

 

“Honrai o vosso pai e a vossa mãe, a fim de viverdes longo tempo” .E Deus fez as leis. E quem a desrespeitou teve a sua Ira. Isso vem desde os tempos de Moisés. Coincidência ou não, o fato é que muitos jovens morrem estirados nas calçadas,  nas sarjetas ou nos braços de sua mãe , que grita a perda do jovem filho. Muitos deles são os principais responsáveis, pois não ouvem os pais e jogam os afetos fora . O melhor alerta é dar-lhes disciplina para que não venhamos chorar depois.

Jesus não veio obstruir a lei, ou seja, apagar os mandamentos, veio  trazer o verdadeiro sentido e adaptá-lo ao grau de adiantamento, e a frase “Honrai os seus pais é falar de amor, pois   tudo que um pai faz por um filho é para o bem dele. Veja a interpretação de Jesus, na máxima “Qual  o pai que um filho pede um cesto de pão e o pai lhe dá um cesto com uma serpente?”.

A máxima acima me fez lembrar de uma história  de dois irmãozinhos .Um deles nutria grande afeto por uma formiguinha,o seu irmão gêmeo  pisou nela e a  matou,  sem saber que era do seu  irmão. Mas, quando viu a cena do irmãozinho, olhando para a formiguinha morta, gritou: – Meu Deus!  A formiguinha era dele!

E sem saber o que fazer, abraçou o irmão e choraram juntos. Isso se chama afeto. É raridade, pois os irmãos  não são mais irmãos, são como seres estranhos uns com os  outros. Enfim, nem mesmo o sangue que corre na veia é o mesmo sangue. É melhor um amigo irmão. E quanto aos pais, pior ainda, são anos a fio de renúncias, anulação da vida, das  noites de insônia, tudo em prol dos filhos que,  em troca, o que se vê,  na maioria das vezes, é  a falta de consideração e respeito , enfim o que vemos hoje é uma geração cega e ingrata.  Quantas mães ficaram décadas à frente de um fogão para formar um filho? E quantos pais sem recursos conseguem formar seus filhos,  a duras penas , se humilhando , constrangendo, chegando à exaustão  da luta pela sobrevivência ?

Os Pais estão cansados de serem pais, precisam repousar restaurar suas forças, energias quase perdidas desta jornada proveniente, em parte, das preocupações, contrariedades e problemas que, naturalmente, os filhos nos trazem, e como trazem..Por outro lado, há filhos  que são alegrias dos pais e não se esquecem jamais de um abraço, todos os dias,  de um afeto , um gesto de carinho , cuidados e  gratidão,  diferentemente desta geração  que bem poderia ser chamada de” geraçãoda ingratidão”. Mas, volto a dizer, há filhos iluminados, que têm os seus pais como verdadeiros heróis e que os ama verdadeiramente.  No entanto, existem aqueles que negam  tudo o que os pais fazem por eles . Com a cara mais deslavada possível. Ou filhos de famílias carentes, sabendo que os recursos de seus pais  são parcos e que precisam vencer na vida se  empenham dobrado  e acabam  se formando , para alegria de seus pais . Ou existem filhos que negam  tudo o que os pais fazem por eles,  inclusive os custos para sua formação intelectual. Ou pais que lutam duro e os filhos são é incapazes de compartilhar como deveria sê-lo . Há filhos que esperam de braços cruzados os bens.

Ou existem  filhos que negam  tudo o que os pais fazem por eles,  inclusive os custos para sua formação intelectual. Ou pais que lutam duro e os filhos são é incapazes de compartilhar como deveria sê-lo . Há filhos que esperam de braços cruzados os bens.

Deus deixa claro: “Honrai os vossos pais para que prolongues o tempo na terra e sejais  feliz”.

Neste dia dos pais, é bom que os filhos façam uma reflexão e reconheçam  quem  renunciou sua própria vida por eles. Mas o remorso fica.

Os comentários estão encerrados.