Paciente com meningite pós-traumática é transferido para hospital após intervenção da Sesab

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 06 jan 2016

Tags:, , , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

da Redação

SAúdeApós sofrer uma queda de moto, Claudionor Alves de Lima, chegou a ser internado na UTI do Hospital de Base de Vitória da Conquista, mas foi liberado e recebeu alta após 10 dias, sem ao menos ficar em observação. O fato foi criticado pelo médico Wolmar Carregozi (AcesseMed).

Após esse período, Claudionor Lima, passou a se queixar de dores e foi constatado, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tanhaçu, que estava com “diagnóstico de meningite pós-traumática”. A UPA de Tanhaçu não dispõe do serviço especializado para o caso e o paciente deveria ser transferido para uma unidade com atendimento que o caso requer.

Quando casos graves são detectados nas cidades do interior, pactuadas pela Regulação Médica de Vitória da Conquista, as unidades locais entram em contato com a Central de Regulação Médica através do SISREG (Sistema de Regulação Médica) e solicitam a vaga para internação, mediante a informação do quadro em que se encontra o paciente. O paciente tem que ser assistido e priorizado até com vaga zero.

Sem solução por parte da Regulação de Conquista que continuava a negar a vaga, –  o mandato do deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB), acionou a Sesab. ” O mandato apenas buscou garantir o que está na Constituição Federal, quando diz que a saúde é um direito de todos e dever do Estado. Por isso, entramos em contato com o Superintendente da Regulação da Sesab, José Rodrigues, e o mesmo entendeu a complexidade do caso e atendeu o nosso pedido”, revelou o parlamentar a nossa reportagem.

Os comentários estão encerrados.