Pacientes com Anemia Falciforme interrompem tratamento por falta de remédio

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 10 dez 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

img_0914A falta do medicamento hidroxiureia está causando dificuldades no tratamento de diversas pessoas acometidas pela Anemia Falciforme em Vitória da Conquista. A líder do movimento em defesa dos diagnosticados com a doença, Maria José Meireles, cobra empenho dos governos Estadual e Municipal para o tratamento dos pacientes.

Utilizando a Tribuna Livre da Câmara Municipal, nessa sexta-feira (9), Maria José afirmou ter procurado o Núcleo Regional de Saúde (antiga Dires), sendo informada que o medicamento não está sendo encontrado no mercado por falta de matéria-prima. “Como assim, se em outros estados estão tendo o remédio?”, questionou.

Ela também alega que o setor de Tratamento Fora do Domicílio (TFD) da Prefeitura Municipal não está ofertando aos pacientes com Anemia Falciforme passagens para realizarem o tratamento em outras cidades, como Salvador.

Além disso, Maria José denuncia que o tratamento dispensado a pacientes acometidos pela anemia falciforme para execução da sangria no Hospital Geral de Vitória da Conquista não está sendo adequado.

“Eu venho nesta Casa [Câmara Municipal] solicitar de vocês que façam alguma coisa. Eu clamo a vocês vereadores que vistam essa camisa. Nos ajude”, apelou Maria José. “Eu gostaria que o prefeito assuma essa responsabilidade. É um direito nosso”, finalizou.

A doença

A anemia falciforme é uma doença séria na qual o organismo fabrica células vermelhas sanguíneas em forma de “C”. Células vermelhas normais têm forma de disco e se movem facilmente pelos vasos sanguíneos. Por terem essa forma anormal, essas células não se movem facilmente através dos vasos sanguíneos. Os blocos de células em forma de foice bloqueiam o fluxo sanguíneo que flui para os órgãos e membros. Vasos sanguíneos bloqueados podem causar dor, infecções sérias, danos a órgãos e até mesmo Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Os comentários estão encerrados.