Pais de gêmeos supostamente traficados têm mais 9 filhos vivendo com outras famílias

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 14 maio 2015

Tags:, , , ,


por Mateus Novais
foto: reprodução TV Aratu

IMG_0505

Após serem entregues à guarda da Justiça, nessa quarta-feira (13), os gêmeos de Itapetinga foram entregues aos cuidados de uma família acolhedora que vive naquele município. As crianças permanecerão com esta família até que as investigações sobre o caso sejam concluídas.

Segundo a Vara da Infância e Adolescência de Itapetinga, as crianças foram submetidas à avaliação médica quando ainda estavam com o casal que as retiraram de forma ilegal do município e estão saudáveis. Agora, a Polícia Civil aguarda o depoimento deste casal, que vive em Eunápolis, para concluir o inquérito.

A mãe das crianças afirma que a avó teria vendido os gêmeos por R$2 mil. Porém, o Conselho Tutelar de Itapetinga diz ter recebido uma denúncia anônima de que os pais biológicos tentaram vender as crianças por R$ 7 mil para o casal.

De acordo com o conselheiro Elias Sampaio, os pais dos bebês são suspeitos de maus-tratos às crianças e são apontados como usuários de drogas. Eles também teriam tido outros nove filhos, que não vivem com o casal e têm o paradeiro indefinido. “Os demais a gente não sabe com quem está”, afirma o Conselheiro.

Esta não é a primeira vez que algo dessa natureza acontece em Itapetinga. Em 1995, o município ganhou destaque nacional depois que mais de 300 crianças foram vendidas para casais estrangeiros. Na época, a OAB de Itapetinga denunciou o caso ao Tribunal de Justiça da Bahia.

Os comentários estão encerrados.