Paralisação professores: Estado mantém proposta de reajuste e impõe reposição de aula

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 01 maio 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

IMG_1097Logo após o fim da paralisação dos professores, que aderiram a Semana Nacional em Defesa da Educação, a Secretaria Estadual de Educação emitiu nota reafirmando a proposta de reajuste oferecida para todos os servidores do estado. Segundo a Secretaria, a proposta de aumento e reajuste linear de 6,41% (mesmo percentual para todos os funcionários, independente do cargo exercido) foi encaminhada pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa da Bahia.

O problema gira em torno de um item da proposta do Governo, que quer parcelar o reajuste em 3,5% retroativos a março e 2,91% em novembro. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB Sindicato) já afirmou que aceita apenas o percentual, referente a reposição da inflação, mas não aceita o parcelamento.

Sobre o dia letivo perdido com a paralisação, a Secretaria assegurou que irá cumprir os 200 dias letivos previstos no calendário. Para tal, solicitou que as escolas encaminhem a proposta de reposição das aulas aos Núcleos Regionais de Educação (NRE) até o dia 15 de maio.

 

Os comentários estão encerrados.