Parecer sobre os serviços prestados pelo Hospital Afrânio Peixoto é entregue ao Secretário de Saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 16 fev 2017

Tags:, ,

Da Redação

Foto: Ascom Câmara de Vereadores

A diretora administrativa do Hospital Especializado Afrânio Peixoto, Dra. Heliana Ribeiro, afirmou em reunião realizada na manhã desta quinta (16), com membros da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista,  que um “parecer técnico sobre as mudanças propostas para o Hospital ”,  foi entregue ao secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas. O documento foi entregue pela diretora geral do hospital, Lygia Matos, também nesta quinta.

De acordo com Ribeiro, até o momento, não há nenhum documento oficializando o encerramento das atividades da unidade de saúde, Havendo apenas uma nota à imprensa informando que está prevista uma mudança de perfil da unidade de saúde, que passaria a funcionar como referência para o Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), com leitos de enfermaria e centro cirúrgico para pequenos procedimentos.

Diante disso, no parecer, são apresentados os serviços prestados no hospital, como atendimento a emergências psiquiátricas, consultas eletivas multidisciplinares (médicas, psicológicas, farmacêuticas, de enfermagem e serviço social), visitas domiciliares, reuniões com familiares, terapia ocupacional, laudos psiquiátricos, internamentos e internações compulsórias, bem como o quantitativo de atendimentos realizados pela referida unida. Assim, o parecer busca destacar a relevância do Hospital Afrânio Peixoto, enquanto hospital psiquiátrico, para Vitória da Conquista e região.

Mudança de Perfil

Nesta semana, a Secretaria de Saúde informou que com a mudança de perfil, o Hospital Afrânio Peixoto deixaria de ser psiquiátrico. Com isso, seriam abertos leitos de psiquiatria no HGVC, aliado a uma estruturação do serviço ambulatorial na Unidade de Saúde Crescêncio Silveira. Segundo o comunicado, a expectativa é de que serviços municipais, como os centros de Atenção Psicossocial (Caps) e unidades básicas de saúde, absorvam algumas demandas do Afrânio Peixoto. A nota, porém, não informa a quantidade de leitos psiquiátricos que serão abertos no Hospital Geral.

Os comentários estão encerrados.