Polícia divulga vídeo do cativeiro onde empresária conquistense foi mantida refém

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 03 ago 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

A Polícia Civil divulgou um vídeo que mostra o cativeiro onde estava a empresária conquistense Arlethe Patez, libertada na madrugada deste domingo (2), após 12 dias de sequestro. No vídeo é possível ver a cama onde a empresária ficava acorrentada, dentro de um pequeno cômodo de uma casa com apenas uma janela, no município de Teolândia (na região de Salvador).

Arlethe foi abordada pelos criminosos quando estava no portão do estabelecimento, um salão de beleza, no bairro Costa Azul, em Salvador. Após o registro do sequestro, a polícia iniciou uma investigação. Oito dias depois eles conseguiram prender um dos suspeitos de envolvimento no crime, que levou a polícia até o cativeiro, onde também estava o outro bandido, responsável por vigiar a empresária.

manoel-candido-sequestroManoel Cândido e Inael Moura – Foto: A Tarde

Manoel Cândido da Paz, de 46 anos, e Inael Moura de Jesus, 29 anos, foram apresentados na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), nesse domingo (2), na capital baiana. Manoel, que dirigiu o carro no sequestro, afirma que não sabia do crime: “Fui chamado para buscar um carro quando eles pegaram a mulher. Depois só estive lá mais duas vezes. Não chamei a polícia porque eu tenho família”, disse ele que já tem passagem por tráfico de drogas. Já Inael, que era quem ficava com Arlethe, jura que a empresária foi bem tratada. “Ela chorava e eu dava uma palavra de conforto. Fazia o ‘rango’ e esquentava água para o banho. Não a maltratei”, disse Inael em depoimento.

Segundo a polícia, Arlethe ficou vários dias acorrentada, mas não sofreu abuso sexual e nem agressões físicas. Para a polícia, esta é a segunda vez que a quadrilha – que pode ter mais de 12 homens – pratica um crime parecido.

Os comentários estão encerrados.