PPL lança pré-candidatura de Esmeraldino à prefeitura de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 20 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0315O Partido Pátria Livre (PPL) lançou a pré-candidatura de Esmeraldino Correia à prefeitura de Vitória da Conquista. O evento ocorreu na noite desta sexta-feira (20), reunindo lideranças políticas estaduais, como vice-prefeita de Salvador, Célia Sacramento, e locais, como os pré-candidatos a prefeito de Conquista Marcelo Melo (DEM), Romilson Filho (PDT), Armênio Santos (PPS) e o deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB).

O secretário geral do PPL na Bahia, Marcelo Barreto, revelou que encontrou em Esmeraldino uma pessoa para discutir políticas públicas que venham trazer melhorias para o povo. “Em nosso estado, vivemos uma situação caótica, tendo números lamentáveis de desemprego. Temos níveis de 15% de desempregados, ocupando o primeiro lugar no nordeste, segundo o IBGE. A politica nacional, que também foi implementada na Bahia, foi lamentável. A Educação está em um estado vergonhosos. E os piores índices de violência do país pertence à Bahia”.

Já a vice-prefeita de Salvador ressaltou seu orgulho em estar ao lado do prefeito ACM Neto, “construindo uma das gestões mais bem avaliadas do país”. Para Vitória da Conquista, Célia acredita que o melhor caminho será a união das oposições. “Eu vejo aqui muitos amigos, que estão apresentando possibilidades para Vitória da Conquista, mas acredito que vocês vão conseguir essa união. E espero que esta união esteja em torno do professor Esmeraldino, que tem uma história e ação em prol deste município”, destacou.

Já o pré-candidato a prefeito, Esmeraldino Correia, agradeceu a presença de membros da oposição em seu evento e pregou a unidade. “Nós vamos unidos nos fortalecer e retirar esse governo omisso, que se instalou pela mentira repetida, em que deixa há 20 anos índices escabrosos, através de um joguinho participativo de conivência”, disse. “Nós do PPL não vamos barganhar nada, porque nós queremos que Vitória da Conquista sai dessa letargia, dessa Saúde vergonhosa, dessa Educação semelhante e de uma violência crescente. Nós vamos levar em frente a coragem do povo de Conquista, que levanta e fala: vamos trabalhar, vamos construir. Porque nós somos um povo construidor”, completou Esmeraldino.

 

Os comentários estão encerrados.