Prazo para pagar IPTU em cota única com 10% de desconto termina hoje(29)

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 29 mar 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Da Redação

Chegou o período dos contribuintes efetuarem o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).O prazo para o contribuinte conseguir pagar com os 10% de desconto em cota única termina nesta sexta-feira(29).

Para quem optar pelo parcelamento, será possível quitá-lo em nove parcelas – a primeira, com vencimento também no próximo dia 29; e a última, com pagamento programado para o mês de novembro.

Os carnês já foram enviados pela Prefeitura Municipal, para todos os imóveis construídos da cidade. Ainda assim, se por algum motivo você ainda não teve acesso ao seu, é muito simples. Basta navegar no site da PMVC, informar o seu número de cadastro imobiliário (disponível em qualquer IPTU de anos anteriores) e imprimir o seu carnê. Ele pode ser pago em qualquer casa lotérica ou banco credenciado.

Além disso, o carnê também está disponível na Secretaria Municipal de Finanças, localizada na Praça Tancredo Neves (ao lado da Catedral de Nossa Senhora das Vitórias), onde você será atendido das 8 às 17 horas. Para quem mora na zona oeste da cidade, neste ano o atendimento está mais fácil. O Governo Municipal instalou um posto de atendimento para o IPTU na Prefeitura da Zona Oeste (instalada no Centro Glauber Rocha, na avenida Brumado). Lá, você pode obter o seu carnê das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas.

Lembrando que para os imóveis cujo imposto está no valor de até 200 reais, foi emitido um boleto com o valor promocional da cota única. Mas, caso o proprietário desejar, também é possível efetuar o parcelamento em até nove vezes. Basta escolher um dos procedimentos descritos acima para ter acesso ao carnê com as parcelas.

Entenda – A arrecadação do IPTU corresponde a uma das maiores receitas próprias da Administração Municipal. Para o cidadão, ele corresponde a um valor pequeno: é cobrado 1% em cima do valor do imóvel construído; 1,5% sobre terrenos murados; e 3% quando se trata de terrenos baldios. “Existe até certa diferença no valor de avaliação da Prefeitura e o valor que o mercado hoje está pagando pelos imóveis”, revela Sala.

Inadimplência – Quem não realizar o pagamento do IPTU terá o débito inscrito na Dívida Ativa, levando a uma cobrança judicial. “Isso acresce honorários de advogados, juros moratórios, multa; e o acúmulo do tempo, que eleva o valor da dívida”, explica o secretário de Administração. Jonas Sala também lembra que essa dívida estará vinculada ao imóvel, impossibilitando, por exemplo, se envolvimento em transações comerciais.

Por isso, escolha a forma de pagamento mais adequada e fique em dia com o seu IPTU. Para mais informações, ligue para (77) 3424-8551.

Os comentários estão encerrados.