Prefeito diz que Dr. Ary colocou cargo à disposição “por discordar de algumas questões”

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 06 fev 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

guilhermeA saída do Dr. Ary Pires da direção técnica do Hospital Municipal Esaú Matos vem causando desconforto ao Governo Municipal. Tanto é que o prefeito Guilherme Menezes, que não costuma responder questionamentos sobre os bastidores da Administração, acabou sendo obrigado a prestar explicações sobre a saída do médico. Segundo o prefeito, Dr. Ary colocou o cargo à disposição “por discordar de algumas questões”.

Sem revelar quais eram essas ‘questões’, Guilherme Menezes declarou: “Com relação a esse competentíssimo médico, que é o Dr. Ary, ele que colocou o cargo à disposição, por discordar de algumas questões, e isso é muito natural na dinâmica de qualquer empresa. Mas, ele colocou o cargo à disposição, a Administração aceitou, mas com todo o respeito. Por todo o passado dele, inclusive na instituição, nós não temos para falar absolutamente nada do Dr. Ary”.

O prefeito também revelou que já está buscando o substituto de Dr. Ary na direção técnica da unidade de saúde. “Outros médicos já estão sendo contatados, recompondo àquela direção técnica, porque a direção do hospital continua”, declarou à repórter Mônica Cajaíba.

Conversas de bastidores afirmam que o médico deixou o Hospital por conflitos com o diretor da Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC), Padre Edilberto Amorim, que administra o Esaú Matos. Recentemente, funcionários do Hospital informaram que existem problemas no fornecimento de alimentação para pacientes e, até, aos trabalhadores da unidade. Denúncias de problemas financeiros também rondam a gestão da Fundação, que não está conseguindo êxito.

Os comentários estão encerrados.