Prefeito reúne técnicos para discutir as obras de revitalização do Rio Verruga

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 06 maio 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Reprodução do site da PMVC

Equipe debate ações que serão realizadas para a revitalização do rio

Na tarde desta sexta-feira (03), o Prefeito Municipal, Herzem Gusmão, e uma comitiva de secretários e técnicos visitaram uma das margens do Rio Verruga, no trecho ladeado pela Avenida Bartolomeu de Gusmão. Na oportunidade, foram debatidas as ações que serão realizadas para a revitalização do rio.

O Prefeito destaca que essa revitalização trará um grande benefício para a cidade, sobretudo para as gerações futuras. “Estamos preservando o verde que restou da parte baixa da cidade e, principalmente, o Rio Verruga. Dessa forma, estamos alinhando os trabalhos com a Embasa para fazer o processo de forma devida”, declara Herzem.

O Secretário Municipal de Infraestrutura Urbana, José Antônio Vieira, informa que a prefeitura, em parceria com a Embasa, criou uma comissão de despoluição do Rio, formada por técnicos da Seinfra, Meio Ambiente, Serviços Públicos e Embasa: “iremos operar desde a nascente, seguindo pela Bartolomeu de Gusmão. Após o Rio Verruga, levaremos a operação de recuperação à Lagoa das Bateias”, disse.

Embasa é parceira do município no projeto de revitalização

O encontro contou ainda com a presença do analista de saneamento e gerente de operação de esgotos da Empresa Baiana de Saneamento e Águas (Embasa), Manoel Gonçalves, que ressaltou a importância da recuperação de um corpo hídrico de relevância histórica, cultural e ambiental à cidade, como é o caso do Rio Verruga: “a Prefeitura e a Embasa exercem um papel fundamental na recuperação do mesmo, faremos a fiscalização dos imóveis que, irregularmente, despejam seus resíduos de esgoto nas galerias pluviais”, destacou.

Mais Ações – Vitória da Conquista foi um dos 16 municípios contemplados pelo Edital 001/2018, do Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA) e Fundo Clima, publicado em junho do ano passado pelo Governo Federal para combater “vulnerabilidades climáticas ligadas à seca”. A previsão é que a cidade receba de R$ 300 a R$ 500 mil reais em recursos do Fundo. Em abril deste ano, foi assinado o Decreto nº 19.394/2019 autorizando a criação do Parque Ambiental do Rio Verruga.

Os comentários estão encerrados.