Prefeitura dá passo decisivo para solução do transporte coletivo e pode criar a modalidade Táxi Lotação

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 14 abr 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é candeias_premium_350.gif

Reprodução do site da PMVC

Durante todo o dia deste sábado (13), o prefeito Herzem Gusmão (MDB), dedicou atenção especial ao impasse criado pela Viação Cidade Verde, que abandonou linhas do Lote 1 que eram operadas pela Viação Vitória.

A medida tomada pela empresa provocou imediata reação da administração municipal. O contrato EMERGENCIAL, que foi firmado tacitamente, não será renovado.

“Caso a empresa venha suspender o serviço nas demais linhas que eram operadas pela Viação Vitória, como fez em Lagoa das Flores, Pradoso, Fazenda Santa Marta e no bairro Senhorinha Cairo, a Semob – Secretaria de Mobilidade Urbana criará a modalidade Táxi Lotação com frota de 366 táxis que são reconhecidos pela Prefeitura”, revelou o prefeito Herzem Gusmão, em reunião realizada na Prefeitura da Zona Oeste na última sexta-feira (12).

A modalidade Táxi Lotação seria criada emergencialmente, até que outra empresa seja contratada para operar o Lote 1, que foi abandonado parcialmente pela Cidade Verde. Vários contatos já foram mantidos com boas perspectivas.

Confira o pronunciamento do prefeito Herzem Gusmão, que assegurou gratuidade aos trabalhadores, estudantes e usuários nas linhas que foram retiradas pela empresa. Assista:

O Lote 2, que é operado pela Viação Cidade Verde, do processo licitatório que foi realizado na gestão do ex-prefeito Guilherme Menezes (PT), continuará sendo operado pela empresa.

Ao contrário do EMERGENCIAL a empresa vem cumprindo as obrigações contratuais sem nenhuma restrição, quanto ao serviço do transporte coletivo de passageiros do lote oficial vigente.

“A Prefeitura atendeu a Cidade Verde em 100% do que foi reivindicado em reuniões. O aumento da tarifa para R$ 3,80, isenção do ISSQN e fiscalização do transporte clandestino”, vem declarando o prefeito Herzem Gusmão quando entrevistado pela mídia conquistense.

Os comentários estão encerrados.