Prefeitura debate com donos de lotéricas pagamento de conta de energia

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 11 jun 2018

Tags:, , ,

da Redação
Reprodução do site da PMVC

Prefeito autorizou criação de grupo de trabalho para tratar do assunto

Desde o início do mês, as lotéricas deixaram de receber o pagamento das contas de energia em toda a Bahia. O que ocorreu por conta do impasse entre a Coelba e a Caixa Econômica Federal quanto à renovação do contrato. Na tarde desta segunda-feira (11), representantes de lotéricas da cidade se reuniram com o prefeito Herzem Gusmão e membros do Governo*, no Gabinete Civil, para debater o assunto e solicitar que a Prefeitura atue como intermediadora de uma providência para amenizar o problema que a população vem enfrentando pagar suas contas de energia.

Segundo o diretor do Sindicato das Lotéricas da Bahia (Sinloba), Fred Pontes, a Caixa recebia R$ 0,90 por conta recebida. Com o reajuste proposto pelo banco, o valor seria de R$ 1,30, o que não foi aceito pela concessionária de energia. Pontes representa 22 lotéricas de Vitória da Conquista e 14 de outros municípios da região. “Nos últimos três anos, trabalhamos sem aumento e neste período o custo para se manter um comércio aumentou e, em cima disso, a Caixa pediu a revisão do preço de tarifa, o que é justificado para se manter todo o aparato de segurança que hoje nós temos”, comentou o lotérico.

Na ocasião, o prefeito realizou uma conferência com o superintendente regional da Caixa, Ismael Boaventura, que está em Brasília. O representante da instituição explicou que em outros estados, a exemplo do Paraná, as concessionárias de energia já entraram em acordo e espera que o mesmo aconteça no nosso estado.

Diante do que foi exposto pelo superintendente e pelos donos de lotéricas, Herzem autorizou a criação de um grupo de trabalho, encabeçado pelo Procon, com a participação da Câmara de Vereadores e Ministério Público com o intuito de tomar providências em defesa da população conquistense.

“Nesta conversa, discutimos ações que possam trazer um certo alívio para a população de Conquista, que na verdade é a grande prejudicada. A Prefeitura vai intervir, pois sem sombra de dúvida há um interesse público que está sendo, no mínimo, postergado. O prefeito estará coordenando esse grupo e vamos ver as repercussões jurídicas para que se chegue a uma solução”, assegurou o procurador Geral do Município e coordenador do Procon, Murilo Mármore.

Atualmente, a Coelba tem quatro pontos de pagamento na cidade.

*Também participou do encontro a secretária municipal de Governo, Geanne Oliveira, o assessor especial, Lucas Batista e técnicos do Procon.

Prefeitura assegurou que vai intervir neste assunto que é de interesse público; população tem enfrentado longas filas para pagar as contas

Os comentários estão encerrados.