Prefeitura realiza mutirão de limpeza na avenida Jadiel Matos

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 10 jan 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura (Conteúdo)

Desde a semana passada, a Prefeitura de Vitória da Conquista promove um mutirão de limpeza na avenida Jadiel Matos. A operação cobre um trecho de aproximadamente 3 quilômetros, entre a rotatória (que liga a via ao Anel Rodoviário da BR-116) e a entrada para os bairros Campinhos e Simão.

O mutirão foi retomado na última segunda-feira (8), depois de uma pausa em que as equipes de limpeza tiveram de ser remanejadas para cuidar dos efeitos das chuvas. Agora, com uma equipe de pelo menos 15 servidores, estão sendo feitos serviços de roçagem, extração de mato, varrição e limpeza do canal de drenagem que passa pela área central da avenida. A última etapa será a pintura dos meios-fios. A Secretaria de Serviços Públicos espera que todo o trabalho na Jadiel Matos esteja concluído até o final desta semana.

“A limpeza sempre é feita para dar mais qualidade de vida, porque limpeza é saúde”, avalia o coordenador municipal de Limpeza, Joaquim Ernesto. Ele atribui à limpeza pública parte da responsabilidade por um resultado positivo alcançado em 2017: a redução do índice de infestação predial em Vitória da Conquista.

Dados obtidos pelo Centro de Controle de Endemias revelam que o índice, que era de 7,2% no primeiro semestre, fechou o ano passado em 3,1% – ou seja, uma queda de mais de 50%. Isso se deve à intensificação das ações de combate ao mosquito aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus.

‘Saúde e visual’ – O balconista Victor Camilo, 19 anos, funcionário de uma loja de materiais de construção situada à margem da avenida Jadiel Matos, também identifica uma relação entre limpeza e saúde pública. “O descuido com o mato e as poças d’água pode resultar em danos diretos à saúde da população”, observa Camilo.

Mas ele também se atenta para outro aspecto do trabalho: o aspecto visual da paisagem urbana. “É necessário cuidar da saúde da cidade, cortando o mato para evitar infestações; mas também do visual da cidade, para que ela fique melhor para os visitantes e para os moradores”, analisou Camilo.

Os comentários estão encerrados.