Prefeitura sinaliza com aumento de 25% no Vale Refeição e Plano de Saúde pelo fim do impasse com sindicatos

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 maio 2017

Tags:, ,


da Redação

O secretário André Ferraro (Comunicação) tem concedido entrevistas a imprensa em Vitória da Conquista anunciando a disposição do Governo Municipal em manter o diálogo e avançar nas conquistas para os servidores municipais.

Impedida pela LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal de conceder aumento, a administração municipal, já determinou aumento de 25% no Vale Refeições, retroativo a 1º de maio, e implantação histórica do plano de saúde para todo funcionalismo.

A prefeitura ainda divulgou uma nota onde assegura que o diálogo será mantido em defesa do imediato fim da greve que muito prejudica a população do município. Leia a nota:

Nota de esclarecimento sobre as negociações com os sindicatos

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista tem conduzido a relação com os sindicatos com seriedade, respeito e democracia e esclarece que continua aberta ao entendimento na negociação salarial, dentro dos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Já indicamos caminhos para um acordo rápido, com aumento de 25 % no vale-alimentação e início de estudos para implantação do plano de saúde, com mesa permanente para acompanhamento de resultados e concessão de reajustes futuros.

Esclarecemos que os interlocutores da Prefeitura são, oficialmente, os membros da comissão de campanha salarial, composta pelos secretários de Administração, Gabinete Civil, Transparência, Finanças e Assessoria Especial.

Neste momento, apenas os secretários de Comunicação e Transparência e Controle estão oficialmente designados para falar em nome do Governo Municipal.

Não vamos admitir que, diante de uma discussão que exige controle e seriedade, factóides e discussões informais em redes sociais sejam geradoras de problemas para a Administração, como uma cortina de fumaça feita para confundir a opinião pública e os milhares de servidores que não aderiram à greve.

Contamos e agradecemos o apoio da maioria do funcionalismo, que sensível à realidade e comprometida com o cidadão, permanece em suas atividades normais, sem prejuízos maiores.

Continuamos dialogando e fazemos um apelo aos sindicatos para que evitem cair em tais manobras escusas, trabalhando com positividade, pois vamos encontrar caminhos conjuntos de valorização do servidor, com foco na melhoria dos serviços prestados à população.

Os comentários estão encerrados.