Prefeitura tem mais de 600 agentes patrimoniais, resta ativar a Guarda Municipal

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia, Segurança, Vit. da Conquista | Data: 08 abr 2016

Tags:, , ,

da Redação

Foto Ascom/Câmara

Topo

A Câmara Municipal realizou nessa quinta (07), Audiência Pública para debater a possível implantação da Guarda Municipal em Vitória da Conquista. A iniciativa foi dos vereadores da casa, cujo requerimento foi assinado pelos 21 vereadores.

A mesa foi composta pelo secretário de governo, Edwaldo Alves Silva, representando o prefeito Guilherme Menezes (PT); deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB); o Delegado da Polícia Federal, Rodrigo Souza Kolbe; o presidente da Comissão de Acompanhamento Legislativo, Esdras Ferreira Santos Silva (OAB); membro da Guarda Municipal de Itapetinga, Aparício Souza Santos; Dr. Odildon Pereira (Polícia Civil), e a presidente da CDL, Cláudia Dutra Pereira.

Audiência

Todos aprovaram a necessidade de Conquista ter a sua Guarda Municipal. Segundo o representante da prefeitura e alguns vereadores, – este ano a legislação impede contratações através de concurso e uma Lei precisaria ser encaminhada e aprovada na Casa.

Para o deputado estadual Herzem Gusmão a Guarda Municipal está pronta restando ao prefeito apenas ativá-la. Estão lotados na prefeitura, segundo dados divulgados durante os trabalhos de ontem, mais de 600 agentes patrimoniais. Resta a PMVC tomar a iniciativa de preparar estes agentes com treinamento na Polícia Militar. O porte de arma é liberado pela Polícia federal.

Para o bom funcionamento de uma Guarda Municipal, após rigoroso treinamento na PM, torna-se necessário a aquisição de fardamento, viaturas, armas dentre outros equipamentos.

“Entendo que uma GM deve ser comandada por um Coronel ou Major da Reserva da PM. Defendo também que a equipe do Simtrans seja integrada ao projeto”, disse o deputado Herzem Gusmão. O parlamentar sugeriu ao presidente da Câmara Municipal, vereador Gilzete Moreira (PSD), que faça uma consulta jurídica para esclarecer se os agentes patrimoniais existentes podem integrar, após treinamento, a composição de uma Guarda Municipal.

Os comentários estão encerrados.