Prefeituras de Conquista e Itapetinga dialogam sobre pactuação na Saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Trabalho, Vit. da Conquista | Data: 02 fev 2019

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Reprodução do site da PMVC

O Hospital Esaú Matos mais uma vez abriu as portas para apresentar a sua estrutura e a sua experiência a outros municípios. Na manhã desta sexta-feira (1º), o prefeito Herzem Gusmão esteve no equipamento para receber o prefeito de Itapetinga, Rodrigo Hagge, e o seu secretário de Saúde, Danylo Patês.

Na visita, a comitiva conheceu serviços do Hospital que são referência em qualidade de atendimento. Dentre eles, o Banco de Leite Humano, a UTI Neonatal e o Centro Obstétrico. Além disso, os gestores discutiram a possibilidade de pactuação de Itapetinga à Rede Municipal de Saúde de Conquista, oficializando e ampliando o atendimento à população itapetinguense.

“Itapetinga é pactuada com Guanambi, e os pacientes chegando aqui ainda tem que viajar quase 300 quilômetros até chegar a Guanambi. E, devido à proximidade, nós estamos convidando o prefeito de Itapetinga para firmar essa parceria, essa pactuação com o nosso município”, explica o prefeito Herzem Gusmão, destacando os benefícios que essa parceria tem a trazer para a população.

Rodrigo Hagge lembra que o Hospital Esaú Matos já realiza atendimento ao público de Itapetinga, o que seria otimizado por meio da pactuação. Para o prefeito, a avaliação da proposta é positiva: “Nós achamos extremamente proveitosa a visita. Parabenizo toda a equipe do Hospital Esaú Matos, que faz a gestão e faz o acolhimento dessas famílias. Realmente estamos dispostos a firmar essa parceria, porque vimos aqui um atendimento humanizado, que faz jus ao que a população conquistense e da região do sudoeste merece.”

Também participaram da recepção, o secretário municipal de Saúde, José Raimundo Fernandes (Juka), e o diretor da Fundação Pública de Saúde, Felipe Bittencourt. Durante o período da tarde, o prefeito Herzem Gusmão também acompanhou o colega Rodrigo Hagge, ao Centro Municipal de Atenção Especializada (Cemae).

Os comentários estão encerrados.