Prejuízos causados pelas chuvas devem ser ressarcidos pela Prefeitura

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 21 jan 2015

Tags:, , ,

Ascom/MCMP

Chuva-Veículos-BB

O Presidente do Movimento Contra a Morte Prematura, André Cairo, afirma, “quem tiver prejuízos causados pelas chuvas, acione o Ministério Público, ou Advogado para ressarcimento. Enchentes invadem imóveis comerciais, residenciais e derrubam casas, árvores, postes, carregam veículos, pessoas, lixo, esgotos livres, etc., por falta de desvio pluvial adequado, onde bocas de lobo e canais contaminados descem rio abaixo com o Verruga, também contaminado!”

Nas chuvas torrenciais em Vitória da Conquista, na década de 60, enxurradas mediam 1m a 1,5m de largura, 90% da águas eram retidas pelas plantas na Serra do Peri Peri. Hoje, a cidade é alagada, com perdas e danos, perigo iminente, contaminação etc. Em 1987, seis pessoas morreram afogadas na Praça do Gil, num Corcel amarelo, e André foi a Prefeitura reclamar! Adiante, o volume d’água arrasta tudo pela frente, quando em 1994, um jovem de 14 anos morreu em um canal pluvial próximo ao IEED, e outras vítimas surgiram. Desde 1989 o MCMP vem cobrando providências da PMVC, com Ações no Ministério Público, manifestações, etc.

Atento à Lei Federal 10.257/2001, do Estatuto da Cidade, “em 25/07/2005, entreguei na PMVC, o OF.MCMP-082/2005, protocolado, alertando ao Prefeito, caso não cumpra a Lei, poderá pegar 5 anos de cadeia; despertaram p/ implantar o Plano Diretor Urbano, inserido na mesma, já defasado, enquanto as chuvas continuam dando prejuízos”. Finaliza Cairo, pelos direitos legais!

Os comentários estão encerrados.