Professores da UESB paralisam as atividades no dia 1º de dezembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 25 nov 2015

Tags:, , , , ,

Da Redação
Foto: Arquivo BRG

IMG_1040
No dia 1º de dezembro, os professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) vão paralisar as atividades nos três campi (Jequié, Itapetinga e Vitória da Conquista). A suspensão das atividades acontecerá pelo fato de no mesmo dia serão realizados ato e audiência pública em defesa do financiamento adequado para as Universidades Estaduais da Bahia (UEBA), na Assembleia Legislativa, em Salvador.

De acordo com Associação dos Docentes da Uesb (Adusb), as manifestações na capital se darão pelo fato de que há três anos as instituições passam por cortes de verbas que afetam toda vida universitária, da manutenção dos prédios aos serviços prestados à comunidade. A previsão orçamentária para o ano que vem também não contempla as necessidades. As perdas reais acumuladas de 2013 a 2016 ultrapassam os R$ 73 milhões.

As perspectivas para 2016 são alarmantes. O montante comprovadamente insuficiente desse ano será igual ao do próximo. Desse modo, segundo a Adusb, o governo desconsidera completamente a realidade financeira das Universidades e a impossibilidade de continuar a executar normalmente suas atividades.

A Associação dos Docentes também questiona os decretos de contingenciamento do Governo do Estado, que pretende suspender qualquer negociação sobre planos de cargos e salários e concessão de dedicação exclusiva, por exemplo. Para a Adusb, a Assembleia Legislativa também não tem cumprido seu papel de defesa dos interesses do povo baiano. “O Movimento Docente acredita que para manter as Universidades em funcionamento, a ALBA deve garantir pelo menos a recomposição das perdas reais das verbas de manutenção, investimento e custeio desde 2013, uma suplementação de R$ 73 milhões à proposta original de 2016.”

Os comentários estão encerrados.