Promotor quer saber como marido de pastora sobreviveu à tentativa de homicídio

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Justiça | Data: 24 fev 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_0741Promotor José Junseira explicou as dúvidas que permeiam o processo

Ainda na entrevista coletiva concedida pelo Ministério Público sobre o caso pastor Edimar, o promotor José Junseira explicou as dúvidas que permeiam o processo. Segundo ele, a principal questão a ser respondida é como Carlos Eduardo, esposo da pastora Marcilene, conseguiu sobreviver à tentativa de homicídio.

“Falta essa resposta: já que mataram Marcilene e Ana Cristinha, porque não mataram Carlos Eduardo? Nós precisamos dessa resposta para, se for o caso, denunciar. […]Toda comunidade quer saber o que houve naquele local. O porquê de só Marcilene e Ana Cristina morrerem?”, questionou o promotor.

Questionado se há suspeita de que Carlos Eduardo seja cúmplice no crime, o promotor deixou em aberto: “Pelo Ministério Público está descartado porque não há nos autos elementos que nos permitam chegar a essa ilação. Mas a polícia deve investigar todas as linhas, para, ao final, responder todas essas questões”. O promotor Junseira também afirmou que não há notícias nos autos da existência de seguros.

Os comentários estão encerrados.