Propaganda eleitoral nas emissoras de rádio e televisão começou nesta terça-feira (19)

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Justiça, Política, Vit. da Conquista | Data: 20 ago 2014

Tags:

Da Redação

O tempo de cada um é calculado com base em um programa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por candidato e por coligação. Confira outros detalhes.

propaganda eleitoralComeçou a ser exibida nesta terça-feira (19) a propaganda eleitoral gratuita – direito assegurado de todos os partidos e coligações que possuam candidatos –, nas emissoras de rádio, incluindo as comunitárias, e de televisão abertas que operam em VHF e UFH, de acordo com a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97). Para a transmissão da propaganda em âmbito regional, uma rede para distribuição do sinal será gerado por uma única emissora a cada nove dias e repetido pelas demais. A relação da geração do sinal por emissora pode ser conferida no site do TRE-BA.

Veja o TRE-BA Especial sobre o Horário eleitoral gratuito na TV e no rádio

Os dias de inserção das propagandas para os cargos de presidente e deputado federal serão as terças, quintas e sábados entre 7h e 7h50/12h00 e 12h50 no rádio. Na televisão, a exibição será das 13h00 às 13h50 e entre 20h30 e 21h20. Já para os cargos de governador, deputado estadual e senador, as exibições serão feitas nos dias de segunda, quarta e sexta nos mesmos horários. “O tempo de cada um é calculado com base em um programa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por candidato e por coligação”, esclarece Lise Cunha, Chefe de Cartório da 17ª Zona Eleitoral, em Salvador.

Confira a ordem e o tempo de veiculação das propagandas dos candidatos baianos

Além dos programas em blocos, as emissoras deverão transmitir as inserções – modalidade de propaganda exibida nos intervalos da programação normal das emissoras de rádio e TV – durante todos os dias entre as 8h e 24h, inclusive aos domingos. As inserções podem ter duração máxima de 60 segundos cada, podendo ser divididas em blocos de 15 ou 30 segundos, a critério de cada partido ou coligação. “Esse tempo é dividido em 1/3 distribuído igualitariamente para todos os candidatos, e outros 2/3 restantes proporcionalmente ao de representantes de cada partido na Câmara dos Deputados,” finaliza a servidora. Com informações site TRE-BA.

Os comentários estão encerrados.