Quadrilha de estelionatários causou prejuízo superior a R$ 400 mil mensais

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 04 ago 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_0660

Na tarde desta terça-feira (4), o grupo acusado de crimes de estelionato em Vitória da Conquista foi apresentado no Distrito Integrado de Segurança (Disep). Segundo a Polícia Civil, o grupo causou um prejuízo de mais de R$ 400 mil mensais com este esquema.

O grupo foi descoberto após uma denuncia de um lojista. No momento da prisão, Deivison Rafael de Castro, João Vitor Bueno Martins, Bruno Públio Falcão e Agnaldo Pereira Botelho (foto), estavam reunidos em uma casa no bairro Bela Vista. No local, a polícia encontrou equipamentos eletrônicos, que eram usados para falsificar documentos, contratos de empréstimos bancários em nomes de aposentados, além de cartões de crédito, dinheiro e maconha.

“Nós recebemos uma denuncia e passamos a segui-los, já no shopping Conquista Sul, onde eles estariam atuando. Na saída, acompanhamos eles até a residência e os abordamos. Logo encontramos documentos falsos e, na casa, encontramos vários documentos, impressora para fazer os documentos, um notebook e um carro financiado através do estelionato”, explica o delegado chefe da 10ª Coorpin, Dr. Marcos Vinicius.

Davidson, Agnaldo e Bruno já foram presos por estelionato em São Paulo, Minas e Bahia, respectivamente. Deivison está sendo apontado como líder do grupo, mas ele afirma que está na cidade a 15 dia e veio a trabalho. Os demais acusados não quiseram comentar a prisão.

O grupo deverá responder por crime de estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa. O material apreendido está sendo periciado. A polícia continua investigando o caso e aguarda o comparecimento das vítimas na delegacia.

Os comentários estão encerrados.