Quatro drogas contra Aids terão equivalente genérico

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Saúde | Data: 12 jul 2011

Agências internacionais

A Gilead Sciences, um dos principais fabricantes de drogas contra o HIV, dividirá os direitos de propriedade intelectual de seus medicamentos em um pool de patentes destinado a tornar os tratamentos mais acessíveis aos pobres.

O grupo com sede na Califórnia concordou com a produção de quatro drogas genéricas por outras companhias, cujo preço final seria mais em conta.

Esta é a primeira indústria farmacêutica a entrar no novo Pool de Patentes de Medicamentos, um braço das Nações Unidas que reúne fundos para o combate à Aids e do qual fazem parte 29 países. Agora os organizadores esperam que outros fabricantes se unam à iniciativa.

Cerca de 33 milhões de pessoas em todo o mundo têm HIV (vírus da imunodeficiência humana), que causa a Aids. A maioria vive na África e na Ásia, onde os medicamentos têm de ser muito baratos para permitir o tratamento.

A diretora-executiva do pool, Ellen’t Hoen, disse à agência de notícias Reuters que está negociando os termos para acordos similares com a ViiV Healthcare –joint venture da GlaxoSmithKline e da Pfizer–, com a Bristol-Myers Squibb, com a Roche, a Boehringer Ingelheim e a Sequoia Pharmaceuticals.

Os comentários estão encerrados.