Reclamações contra bancos crescem 31,5%

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 06 jan 2013

Tags:, ,

Agora São Paulo

bancos agenciasO total de reclamações registradas pelos clientes de serviços bancários no país aumentou 31,5%, entre 2011 e 2012.

Levantamento da Senacon (Secretária Nacional do Consumidor), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, aponta um salto no número de queixas protocoladas, de 406.245, de janeiro a novembro de 2011, para 533.626 no mesmo período do ano passado.

Os números foram extraídos dos registros de 461 Procons espalhados pelo território nacional.

O descompasso entre banco e cliente cresce em larga escala, a medida em que os anos passam.

Problemas relacionados a cobranças, por exemplo, aumentaram cerca de 25% em um ano.

Entre 2010 e 2012, essa questão representa 42,06% de todas as queixas, seguindo-se de reclamações sobre cálculo de financiamento e crédito e falhas no contrato.

Resposta

Em nota, o Itaú e o Banco do Brasil disseram que prestarão todos os esclarecimentos necessários ao Ministério da Justiça.

O Banco do Brasil informou que cumpre integralmente as normas do Banco Central. O Bradesco diz que seu foco permanente “é reduzir os índices de queixas”.

O Santander informou que as reclamações recebidas são tratadas com prioridade, permitindo correções e melhorias nos serviços.

A Caixa disse que tem “a preocupação constante com o atendimento ao cliente e realiza esforços no sentido de se adequar às leis”.

Os comentários estão encerrados.