Reclamações contra operadoras de celular crescem 25% em novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 27 dez 2009

Agora São Paulo

As reclamações contra operadoras de celular tiveram um aumento de 25,3% em novembro deste ano, na comparação com o mesmo mês de 2008, de acordo com dados divulgados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

O número de queixas contra as operadoras chegou a cerca de 55 mil no mês passado. Já em novembro de 2008, o total de reclamações registradas pela Anatel não chegou a 44 mil. O principal motivo de reclamação dos usuários, de acordo com os dados da agência, foi a cobrança indevida, seguida por problemas no atendimento e em serviços adicionais.

O aumento das reclamações dos consumidores superou em dez pontos percentuais o crescimento no número de assinantes no mesmo período –ou seja, as reclamações aumentaram em um índice superior ao de novos clientes. No mês passado, havia, no país, 169,7 milhões de aparelhos habilitados, 15,4% a mais que no mesmo mês de 2008, quando existiam 147 milhões de assinantes.

Apesar do aumento em um ano, na comparação com outubro, a quantidade de clientes insatisfeitos com o serviço prestado pelas empresas de telefonia móvel caiu 5,1%. Naquele mês, foram registradas 57.970 reclamações. Em relação ao ano passado, novembro também registrou aumento de 33,5% no número de queixas contra empresas de TV por assinatura, passando de 3.546 para 4.734. Já os clientes de telefonia fixa procuraram menos a Anatel. Em novembro, foram 34.039 queixas –queda de 6,5% sobre novembro de 2008.

Também caíram as denúncias contra as empresas de acesso à internet. Mesmo com o recuo de 20%, o número de queixas contra os serviços de banda larga alcançaram 11.064 em novembro. No total, a agência registrou 106.235 queixas em novembro, um aumento de 7,4% na comparação anual.

Quem se sentir prejudicado por alguma empresa pode acionar a central de atendimento da Anatel pelo telefone 133, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Também é possível entrar em contato com a agência pela internet, no site www.anatel.gov.br.

Escreva um Comentário

Faça o login para publicar um comentário.