Repercute a implacável derrota que sofreu o prefeito de Conquista na Câmara de Vereadores

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 22 dez 2014

Tags:, ,

da Redação
foto: arquivo BRG

V da Vitória

Preocupado com a acachapante derrota que impôs ao prefeito Guilherme Menezes e ao PT – Partido dos Trabalhadores, o eleito presidente Gilzete Moreira (PSB), vem tentando minimizar os efeitos do resultado da eleição de 14 a 7, com declarações tipo: “Vai continuar o mesmo. Não foi eleita aqui uma Mesa de  oposição ao prefeito. Precisa entender isso. O grupo que nos elegeu vai continuar apoiando o prefeito. Não existe isso”, disse Gilzete após a votação. A retirada da chapa de Irma Lemos (PTB) não serviu para abrandar a derrota.

Repercussão

A repercussão tem sido enorme com reflexo na capital baiana. Nos bastidores o que se comenta é que os deputados Jean Fabrício (PCdoB), José Raimundo Fontes e Waldenor Pereira, ambos do PT, foram os vitoriosos no pleito. Os vereadores que seguem a orientação e liderança política dos três deputados votaram contra o prefeito impondo uma derrota jamais vista contra um chefe do poder executivo municipal. Nunca nenhum prefeito sofreu um revés com placar tão largo.

O resultado é uma clara sinalização que a disputa interna no PT e partidos aliados para as eleições de 2016, na sucessão do prefeito atual, promete ser das mais acirradas na história do PT em Conquista.

Os comentários estão encerrados.