Reprovado pela população, prefeito Newton demite todo secretariado de Ilhéus

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 05 jan 2010

Tags:, , , , , ,

Decreto assinado na tarde desta segunda-feira (4), e que entra em vigor hoje, também atinge cerca de 200 cargos de confiança. ‘Apagão’ na limpeza pública precipitou decisão. Newton Lima enfrenta índices de impopularidade recorde em Ilhéus

do Jornal Bahia Online

Newton Lima cansou da equipe

Um decreto assinado pelo prefeito de Ilhéus, Newton Lima (PSB), publicado nesta terça-feira (05) no Diário de Ilhéus, um jornal de circulação local, determina a imediata exoneração de todos os secretários, assessores e cargos de confiança da administração municipal, exceto os colaboradores Carlos Freitas e Jorge Bahia que permanecem, pelo menos, interinamente, nas respectivas funções de secretário de Serviços Urbanos e Trânsito e Chefe de Gabinete.

Segundo informações de fontes do Palácio Paranaguá, com a medida mais de 200 assessores deixam os seus cargos, dando início a uma ampla reforma da equipe administrativa da Prefeitura. O até então sigiloso decreto foi assinado na tarde desta segunda (04), um dia após o caos no sistema de limpeza pública de Ilhéus, situação que teria adiantado a decisão que só seria tomada no segundo semestre deste ano. Mas a medida, segundo informações colhidas pelo JBO, é apenas, a princípio, impactante.

Apesar das demissões anunciadas, os atuais colaboradores permanecerão interinamente nos cargos até a nomeação dos futuros titulares, que ocorrerá paulatinamente, no decorrer do mês. “Serviu mais como impacto junto à população e para deixar a atual equipe consciente de que haverá profundas mudanças administrativas e que muitos devem arrumar as malas”, revelou a fonte. Uma outra informação é de que Carlos Freitas e Jorge Bahia permanecerão no primeiro escalão do governo. Freitas perderá a secretaria de Trânsito, envidando todos os seus esforços para a de Serviços Urbanos. Bahia, cresce. Deixa a chefia de Gabinete para asumir uma importante secretaria municipal.

Enquanto isso, Ilhéus sofre 'apagão' na limpeza pública, desde o dia 31

“Estávamos esperando mudanças”, explica um ex-secretário. “Mas não imaginávamos que pudesse ser tão profunda assim”, completou, cabisbaixo. Nesta segunda-feira foi um dia tenso na prefeitura. O prefeito Newton Lima demostrava um certo nervosismo desde as primeiras horas do dia, que era atribuído ao caos no sistema de limpeza. No entanto, no final da tarde, a notícia ganhou corpo com a entrega do decreto ao assessor de Imprensa, Marcos Correia, para publicação nesta terça.

Para alguns analistas políticos procurados pelo Jornal Bahia Online, com as mudanças anunciadas o vereador Alcides Krusccewsky “é a estrela que sobe” no governo. Dirigente do partido do prefeito, o PSB, Alcides é, sem dúvida, na opinião unânime dos analistas, o personagem palaciano que pode se sair melhor na condução destas mudanças. Há quem aposte que ele deixará mais uma vez o mandato na Câmara para assumir uma super-secretaria e indicar vários nomes para segundo e terceiro escalões. Procurado pelo JBO, o vereador preferiu comentar apenas a decisão do prefeito.

“Esta medida precisa ser complementada. O que estava claro para nós e para a população era a necessidade de tomar uma medida dura”, disse Alcides ao editor do JBO, jornalista Maurício Maron. Ele reconheceu que o prefeito se sentiu sozinho na crise de final de ano, quando a cidade não conseguiu dar conta dos serviços públicos para atender a demanda dos seus moradores e visitantes. Para Alcides, as mudanças têm que acontecer de forma madura. “Se voltar a escolher errado, não vai mudar nada. É preciso mudar”, salientou.

Outra que comentou a decisão do prefeito foi a vereadora Carmelita Ângelo, do PT. “Apostávamos numa renovação paulatina e estou surpresa com a decisão coletiva”, afirmou. De uma forma mais crítica, disse que, com essa medida, finalmente o prefeito Newton Lima “assumiu o papel de prefeito e resolveu tomar posse”. O presidente da Câmara, Jailson Nascimento, garantiu que desconhecia a decisão do prefeito. “Estou sabendo agora, por você”, disse a Maron. “O prefeito deu o primeiro passo para conseguir terminar o seu mandato”, ironizou o vereador Alisson Mendonça.

Escreva um Comentário

Faça o login para publicar um comentário.