Revogação dos R$2,80 é inviável, diz Prefeitura aos estudantes

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 14 jul 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_0006

Os vários representantes de movimentos sociais que integram a Revolta do Busu se encontraram com membros da Prefeitura municipal, na tarde desta terça-feira (14), para discutir os problemas no transporte coletivo de Vitória da Conquista. A reunião durou mais de três horas e meia e o recado da Prefeitura foi claro: não revogaremos o reajuste da tarifa.

DSC_0017A revogação dos R$2,80 era o principal ponto da pauta das queixas dos estudantes secundaristas, que durante a última semana paralisaram o transporte diversas vezes.  E a negativa gerou um grande descontentamento no movimento. “Nós vamos entrar com um abaixo assinado, via Ministério Público, a solicitação da revogação. Porque a gente não entende isso como um aumento, entendemos como um roubo, um assalto à população de Conquista”, afirma Tiago Pinheiro (foto).

Apesar da recusa em se rediscutir a tarifa, os estudantes acreditam que tiraram algo positivo da reunião. “Tivemos a vitória do fim do valor mínimo da recarga para os estudantes e abrimos o diálogo para outras questões”, afirma Tiago. As outras questões citadas por um dos líderes do movimento são: Meia passagem aos domingos e feriados para toda a população; Passe livre estudantil; ampliação da Integração; fim da quantidade máxima de passagem no Passe Estudantil; e reformulação do Conselho Municipal de Transportes. “A gente entende que o Conselho está muito cheio de governo e empresário, e pouco representante da sociedade civil”, finaliza.

Os comentários estão encerrados.