Rosemberg diz que 70% dos baianos querem volta de Dilma

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política | Data: 16 jun 2016

Tags:, ,

Bahia.ba

Por Evilasio /Ivana Braga (Bahia.ba)

Autor de projeto que concedeu título de cidadã baiana à presidente afastada, líder do PT na Assembleia citou ainda manchetes de jornal

Foto: Edson Ruiz / Coofiav
Foto: Edson Ruiz / Coofiav

Autor do pedido de título de cidadã baiana para a presidente afastada Dilma Rousseff, o líder do PT na Assembleia Legislativa da Bahia, Rosemberg Pinto, disse apostar no retorno da petista ao comando da República.

Em seu discurso, sem revelar a fonte, o deputado afirmou que 75% dos baianos aprovam a sua volta ao Palácio do Planalto. “A Bahia sempre acreditou que ninguém além da senhora seria capaz de dar seguimento ao projeto vitorioso do presidente Lula”, disse Rosemberg, aplaudido pela plateia, formada por aliados do partido, de posse de placas com a frase “Volta querida”.

Foto: Edson Ruiz / Coofiav
Foto: Edson Ruiz / Coofiav

Ex-coordenador de comunicação da Petrobras, antes de ascender à AL-BA, o parlamentar citou ainda as manchetes dos jornais desta quinta-feira (16), que destacam a delação premiada do ex-diretor da Transpetro Sérgio Machado, que cita 20 políticos de seis partidos, inclusive do PT, entre eles os algozes Michel Temer (PMDB) e Aécio Neves (PSDB). “Todos estão lá, menos Lula e Dilma […] uma mulher digna, honesta e honrada”, disse o deputado.

O petista protestou ainda contra o corte de verbas para transporte aéreo e alimentação da presidente afastada e a convidou para participar dos festejos do São João – “a maior festa popular do Brasil”.

Além de Dilma, a mesa foi formada por nomes como o presidente da Casa, Marcelo Nilo, os ex-ministros Jaques Wagner e Juca Ferreira e a senadora Lídice da Mata. Ao final da fala de Rosemberg, a cantora Juliana Ribeiro cantou a música “Bahia com H”, do baiano de Juazeiro João Gilberto, pai da Bossa Nova, e foi apresentado um vídeo, que seria uma homenagem do governador Rui Costa.

Os comentários estão encerrados.