Seminário oportunidades de negócios e investimentos na Nigéria

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 03 nov 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Seminário Brasil Nigéria Setembro de 2014Vitória da Conquista receberá, no dia 11 de novembro, o 1º Seminário Oportunidades de Negócios e Investimentos na Nigéria. O evento tem como principal objetivo abordar as oportunidades de negócios e investimentos da Nigéria para auxiliar os empresários da região Sudoeste que desejam começar a exportar ou aumentar sua presença nesse mercado.

O evento contará com a presença do representante do Centro de Negócios Nigeria Brasil, o Sr. Olúségun Michael Akinruli, residente em Belo Horizonte que virá acompanhado do representante da embaixada da Nigéria em Salvador, Sr. Misbah Akanni.

O evento ocorrerá no Instituto Baiano de Educação e Negócios (IBEN/FGV), Rua Ubaldino Figueira, 405, bairro Recreio, das 08h às 12h. O seminário é uma parceria da Associação das Indústrias de Vitória da Conquista (AINVIC) e o Centro de Negócios Nigéria-Brasil (CNNB), com o apoio da Embaixada da Nigéria no Brasil e da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), através do Centro Internacional de Negócios (CIN) e do Centro das Indústrias do Estado da Bahia (CIEB).

Histórico

Os governos do Brasil e da Nigéria têm investido esforços progressivos para melhor promover os laços entre as duas nações. Isto é evidente na recém assinatura de acordos bilaterais entre os dois países, em áreas como Agricultura e Segurança Alimentar, Petróleo, Energia, Bicombustíveis, mineração, Cultura, Educação, Comércio e Aviação.

A intenção do governo Brasileiro é impulsionar não apenas o comércio, mas também estabelecer parcerias na área de ciência e tecnologia, visando fortalecer e estimular a produtividade industrial.

A Nigéria é o principal parceiro comercial do Brasil no continente africano. O Brasil é quarto principal destino de exportação da Nigéria, depois dos EUA, UE-27, e Índia. O comércio total entre os dois países registraram um crescimento de 381,0% entre 2003 e 2011. Entretanto não há dados oficiais sobre o comércio entre indústrias do Sudoeste da Bahia e o mercado nigeriano, o que indica um mercado em potencial e parcerias promissoras para diversos setores da Indústria de Vitória da Conquista e região.

Os comentários estão encerrados.