Sindicato dos Bancários confirma manutenção da greve no Banco do Brasil, Caixa e Banco do Nordeste

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 13 out 2013

Tags:, ,

da Redação
Na manhã deste domingo (13), foi constatado pela reportagem que somente o BNB mantém  sinalização da greve exibindo cartazes na porta principal do banco. Embora os cartazes não estejam afixados no Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, o Sindicato dos Bancários, no site oficial, anuncia o fim da greve nos bancos privados, Bradesco, Itaú, Santander e HSBC e noticia a continuidade da greve nos bancos públicos. Confira a íntegra da nota do sindicato.
Fim da greve nos bancos privados. Continua no BB, CEF e BNB

Publicado em 11/10/2013 19:37:07

Entrevistado Conquista e região: bancários aprovam fim da greve nos bancos privados

A greve será mantida no BNB, Caixa e BB
Os bancários dos bancos privados (HSBC, Bradesco, Santander e Itaú) de Conquista e Região aprovaram, em assembléia realizada hoje (11), o fim da paralisação, após 23 dias de greve nacional.
Nesse caso, as atividades serão retomadas a partir da próxima segunda-feira (14), nas agências do Itaú, Bradesco, Santander e HSBC, nos 45 municípios que compõem a base do Sindicato.
Os funcionários dos bancos privados asseguraram reajuste de 8% no salário base e demais verbas, mais acréscimo de 8,5% no piso salarial.
“Mesmo considerando a proposta da Fenaban como aquém das expectativas, os bancários dos bancos privados, por ampla maioria, deliberaram pelo fim da greve”, esclarece o Diretor de Imprensa, Eduardo Moraes.
NOVAS ASSEMBLEIAS PARA BANCOS PÚBLICOS
A greve será mantida apenas no Banco do Nordeste, Caixa e Banco do Brasil, pois as propostas das três instituições foram rejeitadas pelos bancários de Conquista e região.
Novas assembleias serão realizadas na próxima segunda-feira (14), às 17h, para nova avaliação do movimento. 
A greve nacional dos bancários foi iniciada em 19 setembro e paralisou  quase 13 mil agências nesta sexta-feira (11), tendo sido considerada uma das mais longas desde 2004.

Os comentários estão encerrados.