“Um momento de muita dor”, lamenta família de Jéssica

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 10 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0221Após a confirmação da morte prematura de Jéssica Nascimento, o BLOG DA RESENHA GERAL entrou em contato com a família da jovem, vítima de agressão por parte de um ‘ficante’. Em poucas palavras, a tia da vítima, Elma Augusto, lamentou a morte da jovem. “É triste”, disse Elma, completando que a família “tinha esperança que Jéssica se recuperasse. Está sendo um momento de muita dor”.

Jéssica estava internada no Hospital de Base desde o dia 25 de abril, quando foi brutalmente espancada por Américo Neto, com quem mantinha um breve relacionamento. Testemunhas relataram à polícia que Américo tinha excedido no uso de álcool e drogas antes de destruir móveis da residência em que Jéssica morava com um amigo e agredir a jovem.

Durante todo o processo, a família, através de sua advogada, solicitou a prisão preventiva de Américo Neto. No entanto, após o acolhimento do pedido pela Justiça, na última sexta-feira (6), o acusado da agressão fugiu.

Morre a jovem Jéssica Nascimento

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 10 maio 2016

Tags:, , ,

Da Redação

IMG_0732Faleceu na tarde desta terça-feira (10), a jovem Jéssica Nascimento, de 21 anos. Segundo informações preliminares, a causa da morte dela foi falência múltipla dos órgãos.

Jéssica estava em coma induzido há 16 dias, no Hospital de Base, após ter sido espancada por Américo Neto, de 24 anos. Ela estava grávida de aproximadamente 4 meses quando foi agredida e perdeu o bebê por conta das lesões que sofreu.

Jéssica havia apresentado sinais de melhora na sexta-feira (6). Segundo a família, a jovem chegou a abrir os olhos e balbuciar algumas palavras, após os médicos fazerem uma tentativa de diminuir o uso de sedativos, mas a paciente voltou ao coma induzido por conta das febres e pressão alta. E nesta terça, seu estado de saúde piorou. Por volta das 5h23, Jéssica teve uma parada cardíaca, mas foi reanimada às 5h30.

Agressor foragido

O acusado de agredir a jovem, Américo Neto, continua foragido. O mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça na sexta (6), mas o advogado de defesa de Américo, Dr. Gutemberg Macedo, informou que seu cliente só vai se apresentar à polícia depois que o Tribunal de Justiça da Bahia emitir uma decisão sobre a legalidade do pedido de prisão preventiva.

Nesta segunda (9), o advogado entrou com um recurso para anular o pedido, alegando que a decisão é ilegal porque o réu, além de ser primário, não fugiu e compareceu à delegacia para depor.

Estado de saúde de Jéssica piora; agressor segue foragido

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 09 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0732Piorou o estado de saúde da jovem Jéssica Nascimento, agredida em sua residência durante uma reunião de amigos. Segundo informações da família da vítima, no domingo (8), uma bactéria foi detectada no sangue de Jéssica.

Em entrevista ao G1 nesta segunda-feira (9), a tia da vítima, Elma Augusta contou que a Jéssica passou o domingo com muita febre. “Ela estava inchada e muito quente. As enfermeiras chegaram a colocar um lençol molhado para controlar a febre, mas não estava reduzindo a temperatura”, contou Elma.

Jéssica havia apresentado sinais de melhora na sexta (6). Segundo a família, a jovem chegou a abrir os olhos e balbuciar algumas palavras, mas voltou a ser sedada por conta das febres.

A jovem está internada na UTI do Hospital de Base desde o dia 25 de abril. Ela estava grávida de 4 meses quando sofreu as agressões. O bebê morreu por conta das lesões que a vítima teve.

Agressor foragido

O acusado de agredir a jovem, Américo Neto, continua foragido. O mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça na sexta (6), mas o advogado de defesa de Américo, Dr. Gutemberg Macedo, informou que seu cliente só vai se apresentar à polícia depois que o Tribunal de Justiça da Bahia emitir uma decisão sobre a legalidade do pedido de prisão preventiva.

Nesta segunda (9), o advogado entrou com um recurso para anular o pedido, alegando que a decisão é ilegal porque o réu, além de ser primário, não fugiu e compareceu à delegacia para depor.

Caso Jéssica: agressor está foragido em Salvador

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 07 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0742Após o acolhimento do pedido de prisão preventiva, o Caso Jéssica Nascimento ganha novo capítulo. O acusado da agressão, Américo Neto, ainda não foi encontrado pela Polícia Civil. Segundo os advogados de defesa de Américo, ele aguardará um habeas corpus em Salvador.

“Esse decreto de prisão não tem fundamento jurídico, foi mais pressão popular. Meu cliente prestou depoimento, se submeteu a exames, não coagiu testemunhas, não ameaçou a família, é réu primário e possui bons antecedentes. Não há por que prendê-lo”, declarou o advogado Gutemberg Macedo Júnior, que entrou com um pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça da Bahia. “Por isso, ele vai para Salvador, onde aguardará a revogação do mandado de prisão”.

Segundo o delegado Luis Gustavo Tortorelli, que investiga o caso, policiais foram até a casa do suspeito no final da tarde da sexta e ele não foi localizado. Aos policiais, foi dito que Américo não estava em casa e que não se sabia do paradeiro dele. De acordo com o advogado, Américo ainda esteve em Conquista até a noite dessa sexta-feira (6).

Jéssica em coma

Jéssica Nascimento ainda encontra-se internada na UTI do Hospital de Base. Ela está em coma induzido e respira com a ajuda de aparelhos. Nessa sexta, de acordo com familiares da jovem, os médicos fizeram mais uma tentativa de reduzir os sedativos para a paciente sair do coma.

“Ela abriu os olhos e chegou a balbuciar um pedido de água. A gente fez leitura labial porque ela está entubada. Mas os médicos precisaram sedar ela de novo por conta da pressão e febre altas”, contou Elma Augusta, tia da jovem.

Caso Jéssica: delegado pede prisão preventiva do agressor

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 04 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0732Nesta quarta-feira (4), completa 10 dias do fato que chocou a comunidade conquistense, a agressão da jovem, grávida de 4 meses, Jéssica Nascimento por um colega, dentro de sua própria residência. O BLOG DA RESENHA GERAL manteve contato com a família de Jéssica e recebeu a informação de que ela apresentou uma grande melhora em seu quadro de saúde.

Segundo a tia da vítima, dona Elma Augusto, os médicos já retiraram a sedação de Jéssica. “Ela ainda está na UTI, está apresentando febre, a pressão está alta e ainda respira com ajuda de aparelho. Mas o fato de não está mais sedada é uma notícia que nos deixa muito felizes”, disse Elma. A família tentou realizar uma transferência da jovem para uma hospital privado, mas foi desaconselhado pelo corpo médico do Hospital, “pelo fato do estado de saúde ainda ser delicado”, completou a tia de Jéssica.

A tia de Jéssita também comentou a informação de que ela teria usado drogas no dia em que foi vítima da agressão. “Eu conheço Jéssica muito bem e duvido que ela tenha usado alguma coisa estando grávida. Estão querendo transformar ela na culpada”, disse Elma.

Ainda nesta quarta, a Polícia Civil apresentou o pedido de prisão preventiva do acusado da agressão, Américo Neto, à Justiça. O delegado responsável pelo inquérito, Dr. Luis Gustavo Tortorelli, espera a qualquer momento o acolhimento do pedido para o recolhimento de Américo.

Homem é preso após espancar a mãe

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Polícia, Vit. da Conquista | Data: 08 mar 2013

Tags:, ,

Da Redação

Paulo César Coelho SalgadoUm homem foi preso ontem a noite (07) no bairro Renato Magalhães, em Vitória da Conquista, após espancar a própria mãe.  Paulo César Coelho Salgado, 30 anos, estava alcoolizado quando a polícia chegou na casa dele. De acordo com informações da irmã do acusado, Paulo César teria batido bastante na mãe, que ficou sem condições de seguir até a delegacia. A irmã ainda teria contado aos policiais que era comum o agressor bater nos familiares.

Foto: Blitz Conquista