Mais duas alamedas serão implantadas no centro da cidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 03 set 2019

Tags:,

da Redação

Após implantação da Alameda Ilza Matos, que liga a Rua Góes Calmon a Praça do Fórum João Mangabeira, a Prefeitura de Vitória da Conquista, em parceria com a Construtora PEL, entregará a cidade em breve mais duas alamedas.

Homenagem

Na Praça Tancredo Neves, em frente a Catedral, será construída a Alameda em nome do saudoso bispo Dom Celso José Pinto da Silva, e que foi arcebispo emérito de Teresina, no Piauí. A família católica está comemorando a homenagem a Dom Celso.

Cidade Para Pessoas

Outra alameda será construída no centro da cidade que liga a Praça Caixeiros Viajantes a Rua Góes Calmon. Trata-se de uma rua estreita onde os pedestres circulam com extrema dificuldade. Caberá a PEL a realização da obra que amplia a parceria com a Prefeitura – na filosofia de Cidade Para Pessoas.

A primeira alameda construída no Brasil foi em Curitiba (PR), em 1972, pelo ex-prefeito Jaime Lerner. Após resistência de muitos, a cidade acolheu a feliz iniciativa pioneira de Lerner, em dotar a Rua XV de Novembro de mais uma alameda. O local ganhou o nome de Rua das Flores. “Foi difícil convencer as pessoas de que aquilo seria bom para a cidade”, revelou Lerner, em depoimento a Antônio Carlos Vaz, no livro, O que é ser urbanista ou arquiteto de cidades.

Em 1974, em Conquista, o ex-prefeito Jadiel Matos (falecido), dotou Vitória da Conquistas das primeiras alamedas. Aqui, como em Curitiba, o barulho logo foi silenciado pelas evidências. Jadiel acertou quando implantou as primeiras alamedas na Rua Ramiro Santos e Lima Guerra. Parte da Praça Nove de Novembro foi também fechada com protestos na época.