Para novo secretário, comunicação deve servir de elo entre governo e comunidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 fev 2017

Tags:, ,

Por Fábio Sena (Diário Conquistense)

Acessível, dinâmico, e criativo – um relações públicas por excelência:–André Ferraro.

O prefeito Herzem Gusmão nomeou nesta sexta-feira (3) o publicitário André Ferraro como secretário de comunicação da prefeitura municipal de Vitória da Conquista, isto depois das incertezas quanto ao destino da pasta, cuja extinção chegou a ser cogitada. Filiado ao Democratas, Ferraro atuou na elaboração do plano de governo de uma das gestões do ex-governador Paulo Souto e coordenou diversas campanhas eleitorais Brasil afora.

Homem de confiança e articulador de Herzem Gusmão desde a campanha eleitoral de 2012, Ferraro foi uma espécie de “conselheiro” do peemedebista durante a meteórica mas produtiva estadia na Assembleia Legislativa da Bahia como deputado estadual.  Membro da tradicional família Rebouças, André se declara orgulhoso da origem herdada da mãe conquistense, e “honrado pelo acolhimento da comunidade e equipe de trabalho”.

Acessível, dinâmico, e criativo – um relações públicas por excelência –, Ferraro se mostra confiante no potencial da capital do sudoeste baiano, e no que pode agregar como contribuição à gestão de Herzem com sua experiência adquirida mundo afora, razões que, segundo ele, o motivaram a aceitar o convite de compor o governo na sensível área de comunicação.

Experiente em comunicação pública, o secretário não deixou de ressaltar a importância da valorização da comunicação como um dos principais instrumentos de interlocução entre governo e população, o que contribui para a formação de uma sociedade mais democrática, na mesma medida em que auxilia a gestão a atender com mais eficiência as necessidades populares.

“A essência disso não é apenas falar, mas sobretudo escutar a comunidade e suas demandas. Esse é o desafio de estruturar a secretaria de comunicação para dar suporte à gestão usando para isso ferramentas importantes como pesquisas de opinião, as redes sociais, audiências públicas e reuniões comunitárias”, destaca o secretário.