Resoluções para transparência de preços é aprovado pela ANP

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 05 jul 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou duas resoluções relacionadas à transparência de preços. Uma delas é relativa aos principais derivados de petróleo, como gasolina A comum e premium; diesel S-10, S-500, marítimo e rodoviário; querosene de aviação; gasolina de aviação; gás de botijão (GLP); óleo combustível; cimento asfáltico e asfalto, nos segmentos produção, importação e distribuição.

A outra resolução se refere ao gás natural. De acordo com a ANP, a intenção é reduzir a assimetria de informações e proteger os interesses do consumidor quanto a preço, qualidade e oferta dos produtos, que para a agência reguladora vai promover a livre concorrência, no curto e no longo prazo. A aprovação das novas resoluções foi feita ontem (4).

Preço do óleo diesel sofre reajuste

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, transporte | Data: 31 ago 2018

Tags:, ,

Banner marcelo santana

Da Redação

Foi divulgado na noite desta quinta-feira(30), pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a atualização dos novos preços de referência e de comercialização do óleo diesel, que estavam congelados há três meses.

De acordo com a ANP, ao divulgar a  a tabela com o reajuste, os novos valores refletem os aumentos dos preços internacionais do diesel e do câmbio no último mês

O reajuste deverá impactar o consumidor nas bombas. Já a partir desta  sexta-feira (31), data que a nova tabela passará a valer. Ela deverá causar aumento nas bombas que, em alguns casos, chega implicar em reajuste de mais de 14%, como é o caso da Região Centro-Oeste, onde o preço do diesel vai passar de R$ 2,1055 para R$ R$ 2,4094.

Após subsídios do governo preço da gasolina fica 3 centavos mais barato

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 18 jun 2018

Tags:, ,

Da Redação

 

Os altos e baixos nos preços dos combustíveis continuam. Os planos do governo para reduzir o preço do diesel nos postos, após a greve dos caminhoneiros, parece não fazer efeito sobre o preço de outro combustível.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) registrou que a gasolina estacionou no valor médio de R$ 4,572 nos postos nesta semana. A cifra representa uma queda de 3 centavos no valor por litro, se comparado ao da semana anterior.

Segundo a Agência Brasil, a Petrobras permanece administrando reajustes quase que diários, seguindo indicadores internacionais, como o preço do barril do petróleo e o dólar. Na última semana, o novo presidente da estatal, Ivan Monteiro, fez declarações afirmando que aguardará resultados de uma consulta pública, que termina no dia 2 de julho, sobre preços dos combustíveis antes de decidir se será necessária uma mudança na frequência dos reajustes no preço da gasolina realizados pela empresa.

Gasolina sobe pela 12ª semana seguida e preço médio na bomba é de R$ 4,20

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 19 jan 2018

Tags:, ,

Por Estadão

O preço médio da gasolina na bomba subiu pela 12ª semana seguida, chegando perto de R$ 4,20 (R$ 4,194), revela levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP), com base na coleta de preços em 5.747 postos pelo País entre os dias 14 e 20 de janeiro.

No período, o maior preço para o combustível foi observado no Estado do Acre, na região Norte, onde o litro da gasolina alcançou R$ 5,15. Os Estados onde se verificou o menor preço foram Santa Catarina e Maranhão, a R$ 3,599.

No Sudeste, os preços coletados foram de R$ 5, o máximo, no Rio de Janeiro, a R$ 3,549, o mínimo, em São Paulo.

De uma forma geral, o valor médio da gasolina nos postos brasileiros subiu em 18 Estados nesta semana. Em cinco estados e no Distrito Federal houve recuo nos preços médios; na Bahia, em Goiás e em Mato Grosso do Sul houve estabilidade.

Na média nacional, a alta nos postos foi de 0,26%, de R$ 4,183 para R$ 4,194 o litro ante a anterior. Em São Paulo, maior consumidor do País e com mais postos pesquisados, o litro da gasolina subiu 0,35% na semana passada, de R$ 3,988 para R$ 4,002, em média. No Rio de Janeiro, o combustível saiu de R$ 4,633 para R$ 4,646, em média, alta de 0,28%. Em Minas Gerais houve alta média no preço gasolina de 0,41%, de R$ 4,394 para R$ 4,412 o litro.

Etanol. Apesar da alta da gasolina, os valores médios do álcool combustível seguem vantajosos apenas em postos dos estados de Mato Grosso e Goiás.

O levantamento considera que o combustível de cana, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, onde o etanol é o mais competitivo, o biocombustível é vendido em média por 60,13% do preço da gasolina. Em Goiás a paridade está em 67,25%. Em Minas Gerais o etanol vale, em média, 71,12% do preço da gasolina, bem próximo do limite de paridade com o combustível de petróleo, assim como em São Paulo, onde a paridade está em 71,66%.

 

Gasolina sobe, mas abastecer com álcool só vale a pena em 4 Estados

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 07 out 2017

Tags:, ,

Da Redação

r7.com / Foto ilustrativa

O valor médio da gasolina encontrada nos postos de combustíveis do Brasil subiu 0,07% na semana que se encerra neste sábado (7), para R$ 3,887. Ao mesmo tempo, o álcool combustível caiu 0,34% no País, para R$ 2,628. Apesar da baixa do valor encontrado pelo Etanol, o combustível segue em desvantagem para os motoristas de quase todo o Brasil.  De acordo com um cálculo feito pelo R7.com base nos preços divulgados pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), abastecer com álcool só compensa nos Estados de Mato Grosso, Goiás, São Paulo e Minas Gerais. Com nova política da Petrobras, gasolina sobe 11% em três meses A conta considera que abastecer com etanol só vale a pena quando o valor do combustível custar menos do que 70% do preço cobrado pela gasolina. Com isso, os consumi

Postos de combustíveis de Brumado e região são autuados por irregularidades

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 27 jul 2016

Tags:, , , , ,

Da Redação

650x375_combustivel-gasolina-postos_1504138Sete postos de combustíveis nos municípios de Brumado, Malhada de Pedras, Livramento de Nossa Senhora e Dom Basílio foram autuados por cometer irregularidades. A ação foi resultado de uma força-tarefa de fiscalização de postos de gasolina realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Ibametro e a Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia.

A força-tarefa, que aconteceu de 19 a 21 de julho, interditou um posto por comercializar gasolina com teor de etanol anidro acima do limite permitido na legislação, que, atualmente, é de 27%, um posto revendedor de combustíveis sofreu interdição. Outros seis postos foram autuados por possuir painel de preços em desacordo com a legislação vigente e ausência de equipamento de análise da qualidade de combustíveis.

Na operação, também foram coletadas 32 amostras de combustível para análise em laboratório credenciado. No total, 31 postos revendedores de combustíveis nas cidades citadas foram fiscalizados.

ANP deixa de monitorar qualidade dos combustíveis em 20 Estados

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 11 out 2015

Tags:,

Estadão

650x375_combustivel-gasolina-postos_1504138Mesmo pagando até 5% mais caro pelos combustíveis desde a última semana, o consumidor não tem garantia da qualidade da gasolina vendida no País. Desde março, contratos da Agência Nacional do Petróleo (ANP) com 16 universidades não foram renovados, deixando 20 Estados sem monitoramento da qualidade dos combustíveis. Desde então, o número de postos monitorados caiu 53% e atingiu em agosto a pior média desde 2002. No Nordeste, desde junho nenhum posto tem a qualidade avaliada.

Apenas postos de Minas, São Paulo, Goiás, Tocantins e Rio Grande do Sul foram monitorados em agosto. Os laboratórios coletaram amostras em postos sorteados entre 18 mil estabelecimentos – menos da metade do monitoramento realizado no último ano, quando 25 institutos analisaram postos de 24 Estados e do Distrito Federal.

…Leia na íntegra

Bahia registrou maior preço do alcool na semana passada

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 02 set 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

combustivelA Bahia foi o estado brasileiro que teve a maior alta no preço do alcool na semana passada, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP). O aumento foi de 3,6%.

Em Salvador, o litro do etanol pode ser achado, na maioria dos postos, por R$ 2,49. O mais barato encontrado custa R$ 2,45. Segundo a ANP, o preço mínimo registrado no país foi em São Paulo, R$ 1,56 o litro, e o máximo no Acre, onde o litro do etanol chega a R$ 3,20.

Preço do etanol sobe em 21 Estados e cai em 5 e no DF

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 03 mar 2013

Tags:, ,

Agência Brasil

combustivel-e1340468099208Os preços do etanol hidratado nos postos brasileiros caíram em cinco Estados e no Distrito Federal e subiram em outros 21 na semana encerrada em 1º de março, de acordo com dados coletados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). No período de um mês, os preços do etanol subiram em todos os Estados e no Distrito Federal.

Em São Paulo, principal Estado consumidor, as cotações subiram 2,07% na semana (R$ 1,917 o litro). No período de um mês, as cotações do etanol registram alta de 4,58% nos postos paulistas.

…Leia na íntegra

ANP autuou 4 mil postos de combustível em 2012

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Geral | Data: 10 fev 2013

Tags:, ,


Agência Brasil

combustivel-e1340468099208A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) autuou 4.001 postos de combustíveis em 2012, 23% por adulteração de combustível e 7% por fraudes na quantidade medida pela bomba. No total, a ANP fez durante o ano passado 20.786 operações de fiscalização em 1.733 municípios do país.

As ações resultaram na interdição de 817 estabelecimentos e na apreensão de 1,9 milhão de litros de combustíveis e 63,4 mil botijões de gás. Os números foram divulgados hoje (8) e podem ser acessados na página da agência na internet. Em dezembro de 2012, segundo a ANP, 1,9% dos combustíveis líquidos no país apresentou problemas de não conformidade, o que significa dizer que dois litros em cada 100 litros de combustível estavam abaixo da qualidade exigida. Isso acaba prejudicando os motores ou levando a um consumo maior pelos veículos.

…Leia na íntegra