ANS suspende a comercialização de 51 planos de saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 02 set 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Na última semana a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou, uma lista com 51 planos de saúde oferecidos por dez operadoras que terão a comercialização suspensa a partir do dia 6 de setembro. A medida é decorrente das reclamações enviadas pelos consumidores nos meses de abril, maio e junho. Foram relatadas negativas de coberturas e descumprimentos dos prazos máximos para realização de consultas, exames e cirurgias.

A análise das queixas se dá dentro do programa de monitoramento da garantia de atendimento, cujo objetivo é exigir que as operadoras assegurem aos usuários o acesso aos procedimentos previstos em contrato. Para que a comercialização possa ser retomada, será preciso melhorar a qualidade do serviço para as 278,6 mil pessoas vinculadas atualmente aos 51 planos. Novos clientes não poderão ser aceitos enquanto a ANS manter a suspensão.

A Agemed e Assistência Médica Infantil (AMI) são as duas operadoras mais afetadas. Cada uma ficará impedida de comercializar 14 planos.
A ANS, no entanto, liberou a venda de 28 planos de saúde de 11 operadoras. Eles haviam sido suspensos em avaliações anteriores do programa de monitoramento da garantia de atendimento.

Regras sobre relação entre planos de saúde e prestadores são debatidas pela ANS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 28 mar 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) realizou na última semana uma audiência pública para receber contribuições da sociedade sobre a necessidade de rever a regulação sobre a contratualização dos planos de saúde. A ação tem como objetivo de harmonizar a relação contratual entre operadoras de planos de saúde e prestadores de serviço.

Diante do clima de conflito e não harmonia existente entre as partes, consideradas fundamentais para que o setor de saúde suplementar funcione bem, a ANS criou a Câmara Técnica de Contratualização e Relacionamento com Prestadores, que já realizou algumas reuniões. Esses encontros, somados , vão dar subsídios para que a agência decida se será necessário rever ou não as normas em vigor.

Está suspensa a comercialização de 46 planos de saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 01 mar 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Nesta sexta-feira (01), a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu a comercialização de 46 planos de saúde. A medida, que tem caráter temporário, passa a valer a partir de 11 de março. Juntos, os planos atendem a quase 570 mil pessoas.

A medida foi tomada a partir de resultados trimestrais do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, responsável pelo acompanhamento de desempenho do setor para proteção de beneficiários. De acordo com a agência, foram registradas diversas reclamações sobre cobertura, prazo e rede de atendimento dos planos operados por 13 empresas.

O objetivo da agência reguladora é garantir a assistência dos atuais beneficiários desses serviços. Os planos suspensos só poderão voltar a ser comercializados quando as operadoras corrigirem falhas e comprovarem as melhorias.

Saúde: ANS suspende venda de 17 planos de saúde de três operadoras

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 30 nov 2018

Tags:, ,

Da Redação

Na manhã desta sexta-feira (30), a  Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou a suspensão de 17 planos de saúde de três operadoras, por reclamações na cobertura assistencial.

Segundo a ANS, os 156,6 mil beneficiários dos planos suspensos não são afetados, porque a medida impede apenas a realização de vendas para novos clientes.A decisão foi tomada depois da análise trimestral do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, que avalia as reclamações registradas pelos beneficiários e a resolução das queixas.

Os planos só poderão ser comercializados novamente quando forem comprovadas melhorias na cobertura do plano. Foi o que aconteceu com 19 planos de oito operadoras, que haviam sido suspensos anteriormente e receberam hoje autorização para voltar a ser comercializados a partir de 7 de dezembro.

No último trimestre do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, foram analisadas 16.442 queixas de clientes de planos de saúde, das quais 95,62% foram resolvidas através de mediação feita pela ANS.

Está suspensa a comercialização de 26 planos de saúde de 11 operadoras

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 05 set 2018

Tags:, ,

Da Redação

Foi determinado pela  Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), nesta quarta-feira(05), a suspensão temporária da comercialização de 26 planos de saúde de 11 operadoras do país em decorrência das queixas relativas à cobertura assistencial. Os 26 planos, juntos, têm 75.500 beneficiários. A  suspensão começará a valer na próxima segunda-feira (10).

A medida é resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, realizado a cada três meses pela agência. A ANS informou também que os usuários terão a assistência regular garantida. No entanto, para que os planos voltem a ser comercializados para novos clientes, as operadoras deverão comprovar melhorias no atendimento.

Os 75,5 mil usuários desses planos continuarão a ter assistência regular, mas as operadoras ficam impedidas de vender para outros interessados até que comprovem a melhoria no atendimento.

Confira a lista de planos com comercialização suspensa …Leia na íntegra

Governo revoga regras que aumentariam plano de saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 31 jul 2018

Tags:, ,

banner alfa park

Larissa Quintino com UOL
do Agora (Reprodução)

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) revogou ontem uma resolução que regulamentava franquia e coparticipação nos planos de saúde.

A norma permitia, entre outros dispositivos, a cobrança de até 40% do valor de cada procedimento, além da mensalidade, para pacientes de convênios com coparticipação.

A medida entraria em vigor no dia 27 de dezembro, mas foi suspensa pelo STF (Supremo Tribunal Federal) após pedido da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

A presidente da corte, ministra Cármen Lúcia, afirmou que “saúde não é mercadoria” na decisão provisória.

Em nota, a ANS afirmou que a revogação se deve pela forma como as novas regras foram recebidas.

A expectativa da agência era que a resolução tivesse impacto positivo, “especialmente pelos consumidores, que passariam a contar com diversas camadas de proteção”.

Há duas semanas, ao jornal O Globo, o diretor de desenvolvimento setorial da ANS, Rodrigo Aguiar, disse que a agência “não é um órgão de defesa do consumidor”.

31 planos de saúde estão com a comercialização suspensa pela ANS

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 06 jun 2018

Tags:, , ,

Da Redação

 

Foi determinada pela  Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a suspensão da venda de 31 planos de saúde de 12 operadoras a partir do dia 8 de junho. De acordo com a Agência Brasil, a decisão foi tomada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), com base em reclamações recebidas pelo Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento da agência reguladora, durante o primeiro trimestre deste ano.

Os 115,9 mil usuários desses planos continuarão a ter assistência regular, mas as operadoras ficam impedidas de vender para outros interessados até que comprovem a melhoria no atendimento.

A suspensão é temporária e pode ser revertida se as operadoras comprovarem melhoria no atendimento nesses planos. Trinta e três planos de 16 operadoras, que haviam sido suspensos anteriormente, por exemplo, serão reativados a partir de sexta-feira.

Veja a lista de planos com comercialização suspensa:

…Leia na íntegra

44 planos de saúde estão suspensos para a venda

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 05 mar 2018

Tags:, ,


Da Redação

A Agência nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu a comercialização de 44 planos de saúde de 17 operadoras, devido a problemas e irregularidades no atendimento e no acesso às coberturas contratadas foram considerados suficientes para a suspensão de vendas.

A medida começará a valer a partir desta sexta-feira (09), e os beneficiários dos planos suspensos continuarão com o atendimento garantido de acordo com a ANS.

Essa medida faz parte Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento que tem como função avaliar as operadoras, a cada três meses, partindo de reclamações dos clientes relacionadas à demora.

 

ANS suspende a venda de 43 planos de saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 13 nov 2015

Tags:, ,

Veja (online)

Falhas no atendimento levaram a agência a proibir a comercialização dos planos até que operadoras comprovem melhor

IMG_1020
Planos suspensos nesta sexta são administrados por 16 diferentes operadoras

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou nesta sexta-feira a suspensão da venda de 43 planos de saúde por causa do não-cumprimento de prazos máximos de atendimento e outros problemas na relação com os clientes. As 16 operadoras que são responsáveis pelos 43 planos da lista ficarão proibidas de vendê-los até que comprovem que o atendimento melhorou. A medida começa a valer na próxima quinta-feira, dia 19.

A suspensão não afeta os usuários que já fazem parte desses planos, para os quais o atendimento segue normal, segundo a ANS. A agência faz monitoramento periódico dos planos. No anúncio da suspensão desta sexta-feira, a ANS informou que 38 planos que estavam suspensos, de 14 diferentes operadoras, podem voltar a ser vendidos depois de comprovada a melhoria no atendimento.

Veja abaixo a lista de planos suspensos pela ANS nesta sexta-feira.

…Leia na íntegra

ANS avalia qualidade dos planos de saúde pelas reclamações de usuários

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 27 set 2015

Tags:,

Agência Brasil

566392-Planos-de-saúde-suspensos-2013-01A partir de agora, os usuários de planos de saúde contam com uma nova ferramenta para avaliar as operadoras, com base nas reclamações que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) recebe. A ferramenta já está disponível na página da agência reguladora.

Segundo a ANS, o novo Índice de Reclamações aprimora o cálculo do ranking das mais reclamadas, dá mais transparência e funcionalidade e ajuda o beneficiário na escolha ou avaliação do seu plano. Foram incorporados dois indicadores, além do número de reclamações: um que identifica a conduta da operadora para resolver o problema e outro sobre os principais motivos das reclamações.

…Leia na íntegra

Ministério da Saúde e ANS suspendem comercialização de 161 planos de 36 operadoras

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 15 maio 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

566392-Planos-de-saúde-suspensos-2013-01A partir de hoje (sexta-feira, 16) a comercialização de 161 planos de saúde (confira a lista) estão suspensas em todo o país. A medida aplicada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) a 36 operadoras beneficia 1,7 milhão de consumidores que já contrataram esses planos e deverão ter seus problemas assistenciais sanados.

A proibição de venda de planos é resultado das reclamações de consumidores que tiveram os prazos para consultas, exames e cirurgias descumpridos ou, então, coberturas indevidamente negadas aos consumidores. No período de 19 de dezembro de 2013 a 18 de março de 2014, 13.079 reclamações foram recebidas sobre 513 diferentes operadoras.

ANS amplia fiscalização de planos de saúde

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 20 dez 2013

Tags:,

Agência Brasil

650x375_1377446A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou nesta sexta-feira, 20, um novo instrumento de notificação às operadoras de planos de saúde em defesa do consumidor. Com isso, a partir de 19 de março de 2014, os usuários de planos contarão também com a Notificação de Intermediação Preliminar (NIP) não assistencial, que pode ser aberta em casos como reajustes indevidos.

A medida é parte da Resolução Normativa 343, publicada na quinta, 19, no Diário Oficial da União. Atualmente, os usuários de planos de saúde já contam com a NIP assistencial, que abrange todas as negativas de cobertura pelos planos. O novo modelo vai atender aos descumprimentos contratuais não relacionados diretamente à assistência à saúde.

…Leia na íntegra

Sem melhorias, Planos de Saúde estão suspensos de novo

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 out 2013

Tags:, , ,

da Redação (Caludio Humberto)

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) voltou a suspender a venda de 246 planos de saúde de 26 operadoras, como punição por descumprimento da legislação. A medida foi tomada depois de o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Felix Fischer, suspender liminares concedidas a favor das operadoras e decidir pela manutenção do sistema da ANS usado para avaliar os planos de saúde, baseado em reclamações de consumidores. A medida não afeta clientes que usam atualmente os planos punidos.

A determinação do STJ, comunicada hoje à ANS, sobrepõe-se a liminares dos tribunais regionais federais (TRF) da 2ª Região (no Rio de Janeiro) e da 3ª Região (em São Paulo), que questionaram o sistema de avaliação da agência reguladora e determinaram a suspensão da punição aplicada às operadoras. As liminares foram concedidas pelos tribunais à Federação Nacional de Saúde Complementar (FenaSaúde) e à Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge). …Leia na íntegra

Duas operadoras da Bahia estão proibidas de realizar vendas

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Bahia | Data: 11 jan 2013

Tags:, , ,

Agência Brasil

A Tarde

ANS-amplia-cobertura-obrigatória-de-planos-de-saúde-a-partir-de-abrilNa Bahia são 22 planos proibidos de realizar  vendas: 12 da Promédica e outros 10 da Unimed Salvador. A TARDE entrou em contato com as duas operadoras, mas não foi possível falar com um porta-voz da Promédica. A assessoria de imprensa da Unimed não respondeu aos questionamentos da reportagem até o início da noite desta quinta-feira, 10.

A aposentada Zulnaria Martins, 82 anos, apoia a decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Ela paga para a bisneta de 10 anos um plano de saúde da Unimed e se queixa das poucas opções da rede.

“São poucos os hospitais que atendem pelo plano. A sorte é que a menina tem boa saúde, mas quando ligo para marcar uma consulta, me dizem que não aceitam mais o plano ou que não é credenciado. É uma dificuldade”, reclama a idosa. A servidora pública Vera Cunha acredita que os planos de autogestão deveriam passar por uma avaliação semelhante a que vem sendo feita com os planos comerciais.

ANS suspende 225 planos de saúde no Brasil

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 10 jan 2013

Tags:,

Agência Brasil

1304166289604-planos-de-saudeA partir da próxima segunda-feira (14), 225 planos de saúde administrados por 28 operadoras estarão proibidos de serem comercializados em todo o Brasil. De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a decisão foi tomada em razão do descumprimento dos prazos máximos fixados para marcação de consulta, exames e cirurgias.

A venda dos planos ficará suspensa até março, podendo ser prorrogada em caso de reincidência. Desde dezembro de 2011, quando foi iniciado o monitoramento, 16 operadoras não vem cumprindo, de forma reincidente, os critérios estabelecidos pelo governo e serão indicadas para a abertura de processo para que corrijam as anormalidades.

…Leia na íntegra

ANS vai testar indicador de qualidade de hospitais

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 01 jan 2013

Tags:,

Agência Brasil

A partir deste mês, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) vai testar indicadores de qualidade dos hospitais privados do País. Nos primeiros seis meses, a participação é voluntária. A partir do segundo semestre, a medida será obrigatória para todos os hospitais que pertencem à rede dos planos e continuará opcional para os demais.

Segundo Bruno Sobral, diretor de desenvolvimento setorial e diretor interino de normas e habilitação de operadoras da ANS, o objetivo é dar ao usuário de plano de saúde mais um instrumento, com critérios objetivos, que torne possível avaliar a qualidade do produto.

…Leia na íntegra