Enem terá aplicação digital em 2020 na fase piloto

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação, Geral | Data: 04 jul 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (3), em Brasília, que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vai se tornar digital. A proposta é de uma implementação progressiva.

Em 2020, a versão digital será aplicada em fase piloto, cerca de 50 mil candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) farão a prova na versão digital. 

A previsão do governo é abandonar as versões impressas em 2026. Nada irá mudar para os participantes inscritos em 2019.

Caixa e Prefeitura debatem programas e projetos para a cidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 15 jun 2017

Tags:, ,

da Redação
Conteúdo Ascom / Prefeitura

A Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal realizou, na manhã desta quarta-feira, 14, uma reunião com a Administração Municipal para tratar dos projetos e obras realizados em parceria com a instituição; do estudo para implantação do programa habitacional voltado aos servidores municipais e do lançamento do programa federal Avançar Cidades.

O programa do Ministério das Cidades será dividido em duas modalidades: Mobilidade e Saneamento. Para Mobilidade Urbana há um aporte de R$3,7 bilhões em recursos do FGTS no âmbito do Programa Pró-Transporte para que os municípios invistam na melhoria da qualidade da prestação dos serviços de transporte público coletivo; e melhoria da segurança, informação e conforto dos usuários. Cidades com população superior a 250 mil habitantes, como é o caso de Vitória da Conquista, podem ter empréstimos de R$ 5 a 50 milhões.

Já o Avançar Cidades – Saneamento vai contemplar municípios com obras de abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais, manejo de resíduos sólidos, redução e controle de perdas, estudos e projetos, plano municipal de saneamento básico. A previsão é de R$ 2,2 bilhões (FGTS + BNDES), definida de acordo com a capacidade de endividamento de cada cidade. “O Programa Avançar Cidades em breve já estará aberto para os municípios e Vitória da Conquista pode pleitear esses recursos por ter capacidade de endividamento”, declarou o superintendente da Caixa, Ismael Boaventura.

“Esses programas vão melhorar a infraestrutura da cidade em termos de transporte, obras de drenagem pluviais. Aqui foi o primeiro passo para o início de entendimento para a Prefeitura buscar esses recursos e mudar a cidade”, disse o secretário municipal de Infraestrutura e de Mobilidade Urbana, José Antônio Vieira.

Na ocasião, Boaventura deu algumas sugestões ao Governo Municipal no intuito de efetivar o projeto de habitação para os servidores municipais. “Proponho a criação de uma comissão para pensar o programa habitacional de servidor com os nossos gerentes regionais,  que trabalham nesta área, e membros da Administração Municipal”, sugeriu o superintendente da Caixa.

Segundo Vieira, os assuntos apresentados nessa reunião serão levados ao prefeito Herzem Gusmão em um próximo encontro.

Na sede da Superintendência Regional, também estiveram: o diretor municipal de Habitação de Interesse Social, Wal Cordeiro, e o coordenador municipal de Programas e Projetos Habitacionais, Péricles Nascimento, a coordenadora municipal de Programas e Projetos da Secretaria de Transparência, Joana Figueiredo, e o coordenador municipal de Planejamento e Projetos da Secretaria de Infraestrutura, Hélder Beltrão.