Conquistense é destaque nacional e estadual na direção da Abad e Asdab

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia, Vit. da Conquista | Data: 09 dez 2016

Tags:, , ,

da Redação

Foto: divulgação

antonio-cabral

A ASDAB – Associação dos Agentes de Distribuição da Bahia realizou na última quarta-feira (7). a solenidade de posse da nova diretoria da entidade, para o biênio 2017/2018. A cerimônia aconteceu no Salão de Eventos da Casa do Comércio, na avenida Tancredo Neves, em Salvador. O atual presidente, Antonio Cabral Filho, foi reeleito, assim como os atuais vice-presidentes Aldo Sena e Enzo Lomanto Andrade.

O evento também serviu para a confraternização de fim de ano entre os agentes de distribuição. “Tivemos um ano difícil, em função da crise, mas também obtivemos conquistas importantes para o setor, que terão efeito em toda a cadeia do abastecimento”, destacou Antonio Cabral. A expectativa, segundo ele, é que o ano de 2017 seja o início da retomada do crescimento econômico do país.

Convidado, o prefeito eleito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), foi representado por Marcos Ferreira, ex-diretor da TV Sudoeste. “A nossa cidade tem revelado jovens talentosos. Toinho Cabral é um exemplo de dedicação, e com certeza vencerá esse momento difícil que atravessa o país com criatividade, dedicação e muito trabalho”, disse Herzem.

ABAD

Cerca de 400 convidados participaram, em São Paulo, nesta segunda-feira (28), do Encontro de Valor ABAD e da cerimônia de posse da nova diretoria da entidade, eleita para o biênio 2017/2018. Emerson Destro será o novo presidente e assume em 1º de janeiro. O presidente da Asdab – Associação dos Agentes de Distribuição da Bahia, Antonio Cabral, foi empossado vice-presidente do Conselho Consultivo.

O Encontro de Valor ABAD 2016 foi o último evento da entidade nacional este ano. Também estavam presentes o vice-presidente da ASDAB, Enzo Lomanto Andrade; os diretores Nilson Borges e Roque Santos; o gerente executivo Emerson Carvalho e o consultor Fernando Olisan.

Na Assembleia, atacadistas garantem que reduzir imposto aumenta arrecadação

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 18 maio 2016

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

IMG_3460foto: divulgação – Assessoria Parlamentar

A Comissão Especial de Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa da Bahia realizou, nesta quarta-feira (18), uma Audiência Pública para debater a tributação do setor atacadista e os efeitos na cadeia de abastecimento do estado. A audiência foi proposta pelo presidente da Comissão, o deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB).

O presidente da Associação dos Agentes de Distribuição da Bahia (ASDAB), Antônio Cabral, fez uma explanação mostrando um estudo que o estado poderá arrecadar mais reduzindo o ICMS do setor atacadista, no ramo de supermercados. “O Estado da Paraíba, com população de 3,9 milhões de habitantes chegou a marca de R$ 1,9 bilhões de faturamento no setor atacadista, enquanto a Bahia com 15 milhões alcança a R$ 1,7 bi. Estão dizimando o comerciante baiano. É um direito do baiano vender na Bahia. Realizamos um trabalho social na Bahia, quem mais gera emprego é a micro e pequena empresa”, destacou.

O advogado da ASDAB, Pedro Eduardo, completou que o “aumento da carga tributária não aumenta a arrecadação do governo. A partir do momento que o Estado entender isso, vai ver que é melhor para todos”.

De acordo com Maurício Ferreira, diretor jurídico do Instituto dos Auditores Fiscais da Bahia (IAF), a redução de impostos para os atacadistas baianos “é um pleito justo”. “Gera postos de trabalho e riqueza para o nosso estado, mas as circunstâncias remetem cautela”.

Já o diretor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Luiz Gonzaga, que representou  secretário Jorge Hereda, confirmou que o Governo tem ciência de que “os atacadistas baianos vendem menos do que os vizinhos do Nordeste”, mas garantiu que “o governo está trabalhando para superar as dificuldades econômicas”.

Sandro Régis, líder da bancada da Oposição na Assembleia, afirmou que é preciso “unir a Casa para tentar ajudar na solução. O baiano tem que ter as mesmas condições de competitividade com que vem de fora”.

Para Herzem, a Audiência foi muito proveitosa. “A participação de 12 deputados da Casa, além de empresários e autoridades, mostra a importância que o setor atacadista tem para o estado da Bahia, responsável pela geração de meio milhão de empregos”.

Por solicitação do deputado Rosemberg Pinto, que é vice-presidente da Comissão, foi sugerida a formação de um grupo de deputados para uma Audiência com o secretário da Fazenda, Manoel Vitório. “A proposta é que a legislação ofereça um tratamento próprio para cada segmento, preservando o princípio da igualdade. Ninguém suporta mais essa alta carga tributária que está levando muitos a falência”, ressaltou.

Compareceram a Audiência Pública os deputados Sandro Regis (DEM), Rosemberg Pinto (PT), Luciano Simões (PMDB), Luís Augusto (PP), Alex da Piatã (PSD), Carlos Geilson (PSDB), Nelson Leal (PDB), Pedro Tavares (PMDB), Marquinho Viana (PSB), Maria Del Carmen (PT), Hildécio Meireles (PMDB).

Proposta de redução do ICMS será debatida em audiência da AL-BA

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 04 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_1117

A Comissão Especial de Desenvolvimento Regional, da Assembleia Legislativa da Bahia, aprovou a realização de uma Audiência Pública para discutir a redução do ICMS no Estado. A proposta da audiência foi do deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB).

A audiência contará com a apresentação de um estudo, desenvolvido pela Associação dos Distribuidores Atacadistas da Bahia (Asdab), que mostra como o Estado poderá arrecadar mais reduzindo o ICMS. “O Estado da Paraíba, com população de 3,9 milhões de habitantes chegou a marca de 1,9 bi de faturamento no setor atacadista, enquanto a Bahia com 15 milhões de pessoas alcança 1,7 bi. A proposta é que a legislação ofereça um tratamento próprio para cada segmento, preservando o princípio da igualdade”, adiantou o deputado Herzem.

O deputado também afirmou que “o governo da Bahia, na contramão desta lógica aumentou o imposto de 17% para 18%, ainda sem contar nos 2% do Fundo de Combate a Pobreza. Ninguém suporta mais essa alta carga tributária que está levando muitos a falência”, disse Herzem.

Além do presidente da Asdab, o conquistense Antônio Cabral, o advogado tributarista Pedro Eduardo estará presente nesta Audiência Pública, com data ainda a ser marcada, para fazer sua explanação.

Herzem Gusmão critica aumento do ICMS na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia, Vit. da Conquista | Data: 12 abr 2016

Tags:, ,

Por Tatiana Ribeiro

Toinho Herzem

Como presidente da Comissão Especial de Desenvolvimento Regional, da Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado Herzem Gusmão (PMDB), criticou o aumento do ICMS na Bahia.

O parlamentar visitou a Associação de Agentes de Distribuição da Bahia (ASDAB) e se reuniu com o presidente Antônio Alves Cabral em busca de soluções para a equilibrar a cadeia produtiva do setor atacadista. Ele declarou que o estado arrecadaria mais reduzindo o ICMS e comparou a situação da Bahia com a Paraíba.

“Os representantes da ASDAB estão pleiteando uma audiência com o governador Rui Costa para mostrar o estudo do tributarista conquistense Pedro Eduardo que, provou que, reduzindo o ICMS o estado arrecadaria mais. Todavia, o governo da Bahia, na contramão desta lógica aumentou o imposto de 17% para 18%, ainda sem contar nos 2% do fundo de combate à pobreza que não sabemos onde está sendo aplicado” apontou Herzem.

“Se realizássemos uma comparação com o estado da Paraíba, que tem praticamente a população de Salvador, três milhões de habitantes, a Bahia fica muito para trás. O faturamento do setor atacadista na Bahia foi de R$ 1,7 bi enquanto que a Paraíba chegou a marca de R$ 1,9 bi, com alíquota de 10%. Precisamos debater essa demanda e encaminharmos nos próximos o debate na Comissão de Desenvolvimento Regional”, destacou o peemedebista.

Líder do Governo diz que estado está avançando em pleitos dos Distribuidores e Atacadistas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 19 mar 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_3266Uma das bandeiras apresentadas em um encontro recente da Associação dos Atacadistas e Distribuidores da Bahia (Asdab) foi o fortalecimento do mercado local, através de políticas públicas que favorecessem o empresário baiano. A associação apresentou um estudo que aponta a possibilidade de saltar de 500 mil para 1 milhão de empregos através do atacado-distribuidor.

Um dos convidados do encontro realizado em Vitória da Conquista, o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado José Neto (PT), apontou para um entendimento entre empresários e estado. “Nós temos que compreender que eles prestam um grande serviço na entrega do alimento, principalmente no interior”, disse ele.

Além disso, o deputado explicou que o fortalecimento dos Distribuidores e Atacadistas só favorece a economia do estado. “O governo quer arrecadar, o setor quer vender, nós queremos, ambos, proteger a economia regional. Eu acho que aí está tendo uma equação muito bem elaborada. O que eu acho que o que tem que ser trabalhado é, por um lado, [a ação] do Governo, e por outro, as condições de estoque, logística e crédito dos empresários”.

Encontro de Distribuidores e Atacadistas discute fortalecimento do comércio interno baiano

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 18 mar 2015

Tags:, , ,


por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_3288

A Associação dos Distribuidores e Atacadistas da Bahia (ASDAB) deu início ao projeto “ASDAB na Estrada” nesta quarta-feira (18), em Vitória da Conquista. O encontro reuniu diversos setores da economia conquistense e baiana com intuito de descentralizar as ações da entidade, além de levar informações de interesse comum ao setor.

DSC_3272

O presidente da ASDAB, o conquistense Antônio Cabral (foto), aposta na iniciativa como forma de unir a categoria. “A nossa meta é diminuir essas distâncias, pulverizar o desenvolvimento, além de gerar troca de experiências e conhecimentos que impulsionem os negócios em todo o estado”.

DSC_3268

O palestrante do encontro, Fernando Augusto, assessor de Gestão da ASDAB, apontou que a união dos distribuidores fortalece a economia dentro do estado. “A gente enfrenta a concorrência de players nacionais, o que prejudica o comércio regional e as empresas locais. O nosso objetivo é proteger nossa região, buscar junto ao Governo Estadual mecanismos que possam fortalecer o comércio e distribuição atacadista dentro do estado”.