Em reunião com moradores do loteamento Joana D’arc, Prefeitura garante melhorias

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 21 jan 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura (Conteúdo)

O prefeito Herzem Gusmão garante mais melhorias para o loteamento: “Já começamos as obras  de iluminação pública na rua principal do loteamento ainda da semana que vem”.

Em dezembro, as luzes de Natal brilharam pela primeira vez no loteamento Joana D’arc, localizado às margens da BR-263. É que, antes, os moradores não podiam contar sequer com energia elétrica em suas casas. Tudo mudou quando o prefeito Herzem Gusmão intermediou, junto ao Governo Federal, que o programa Luz para Todos atendesse a comunidade.

A presidente da Associação de Moradores do Loteamento Joana D’arc, Cícera Alves Batista

Para a presidente da Associação de Moradores do Loteamento Joana D’arc, Cícera Alves Batista, a energia elétrica transformou a vida de todos: “Quando o prefeito entrou com nós nessa batalha, a luz finalmente veio. E os moradores a receberam com muita alegria e satisfação. Antes, tinha muita tristeza aqui: as crianças não podiam ver sequer uma televisão. Não tínhamos nada”.

Em reunião com moradores do loteamento ontem (19), o prefeito Herzem Gusmão afirmou que ainda há muito o que comemorar: “Conseguimos a eletricidade graças ao Luz para Todos, um programa do Governo Federal. E agora, estamos captando recursos para obras que me foram pedidas pelos moradores: poço artesiano, container para coleta de lixo e uma horta comunitária”, garantiu o prefeito.

Moradores posam para foto junto com a equipe de governo

Muitas melhorias, inclusive, virão ainda este mês: “Já começamos as obras para colocar iluminação pública na rua principal do loteamento a partir da semana que vem”, concluiu o prefeito.

Assentamento no Cedro reclama falta de água

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 out 2015

Tags:, , ,

da Redação

Charge àgua Conta

O presidente da Associação dos Moradores do Cedro, sr. João Teixeira, e pelo MST, dona Maria Aparecida Gomes de Souza, procuraram a Rádio Clube para reclamar que na localidade denominada Cedro e no assentamento do MST, ambos na região de São Sebastião, a falta de água tem deixado famílias sem água.

Segundo a representante do MST, a localidade vem sendo abastecida através de um projeto que foi desenvolvido com recursos do Governo Federal, mas cabe a Embasa o tratamento e abastecimento de água. “Tenho procurado a Embasa e apelado para que pelo menos leve água nos caminhões-pipa e não somos atendidos”, disse dona Maria expressando revolta. Ele pretende mobilizar moradores da região para pressionar a Embasa em defesa de solução rápida para a falta d água.

INCRA deve inaugurar adutora da região de Inhobim em agosto, com 3 anos de atraso

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 22 maio 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_1913

A estação de captação e bombeamento de água do Rio Pardo para assentamentos da região de Inhobim, em Vitória da Conquista, tem nova previsão para entrega. A obra, que pretende beneficiar 450 famílias de em sete assentamentos (Arizona, Mutum 1 e 2, Lagoa do Caldeirão, Cipó, Baixão e Olhos D’água), teve início em 2012 e foi paralisada por diversas vezes por problemas na licitação.

Nesta sexta-feira (22), durante a sessão especial da Câmara de Vereadores que discutiu políticas públicas para Agricultura Familiar, o chefe de desenvolvimento do INCRA Bahia, Carlos Borges, prometeu a finalização completa para agosto. “A empresa que venceu o processo licitatório desistiu no meio do caminho. Após a finalização do processo para chamar o segundo colocado, 95% do sistema estão concluídas, faltando a Coelba fazer a parte elétrica. A previsão dada pela empresa é de entregar a rede em julho. Sendo assim, a previsão de finalização completa da obra é para agosto”, disse.

A obra realizada pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) deveria beneficiar mais de 2 mil pessoas, somente na primeira etapa. Os trabalhos foram iniciados em janeiro de 2012 e, desde lá, já se gastou R$7,3 milhões. A licitação inicial previa o investimento de R$8 milhões.

Justiça Federal determina desocupação de área de 11 famílias na Fazenda Amaralina

0

Publicado por Editor | Colocado em Esportes, Vit. da Conquista | Data: 10 abr 2013

Tags:, ,

da Redação

DSC_1124O programa Resenha Geral de hoje (quarta-feira) recebeu uma comissão formada por moradores e familiares da Fazenda Amaralina, zona rural de Vitória da Conquista.

Segundo informações dos entrevistados, 11 famílias tem um prazo de até trinta dias para que possam desocupar os lotes do referido local.

Ainda de acordo com os moradores, a ordem surgiu através de uma solicitação do INCRA ( Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária).

Na entrevista, os familiares e pessoas que residem na Fazenda fizeram um apelo.

O morador Valdívio Alves Fernandes manifestou preocupação, pois muitas pessoas não têm para onde ir.

“Repudiamos essa atitude e todos estão apreensivos”.